FÓRUM BAIANO LGBT divulgou nota de repúdio contra violência Hmofobica na Bahia ; Veja aqui

Sem categoria
29 de junho de 2012
por Genilson Coutinho

O Fórum Baiano LGBT, entidade que reúne 71 entidades que lutam pelo direito à livre orientação sexual e identidade de gênero de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

O Fórum Baiano LGBT repudia as agressões homofóbicas ocorridas na cidade de Camaçari, no dia 24 de junho, durantes os festejos de São João aos irmãos José Leonardo e José Leandro culminando com a morte do primeiro e fraturas graves em Leandro. Segundo informações prestadas pela Delegacia de Polícia de Camaçari a motivação dos crimes seria porque os jovens, heterossexuais (José Leonardo seria pai em breve), foram “confundidos” com gays, porque estariam andando abraçados. O ataque desfeito por 10 jovens demonstra a dura face da homofobia no nosso país, a qual denunciamos.

Segundo os dados do Grupo Gay da Bahia, GGB, na Bahia, “de 2000 a 2006, foram totalizadas 84 mortes. Já entre 2007 e 2011, foram 122 casos em nosso estado – uma média de 24,4 por ano”. Nos últimos anos a Bahia vem sendo, seguidamente, o estado brasileiro “campeão de assassinatos” de LGBT, o que muito nos preocupa.

O Fórum Baiano LGBT defende a bandeira do PL 122, que criminaliza a homofobia no nosso país, tipificando-a e equiparando ao crime de racismo. Infelizmente setores conservadores atacam o PL 122, usam meios de comunicação de massa (que são concessões públicas!) para, com discursos cada vez mais ferozes, afirmar se tratar de ‘privilégios aos homossexuais’. Não entenderam ainda que esses discursos nos tornam vítimas ainda maiores da violência homofóbica. E essa violência atinge também aos heterossexuais, e esse, infelizmente, não foi o único caso.

Diante do exposto vimos pedir rigor na punição dos culpados desses crimes, prestar solidariedade às famílias das vítimas José Leonardo e José Leandro e fortalecer os grupos LGBT que atuam na cidade de Camaçari e que fazem parte desse Fórum, no sentido de que é necessário reverter a onda de violência homofóbica na Bahia e no Brasil e CRIMINALIZAR A HOMOFOBIA COM A APROVAÇÃO DO PL 122.

Saudações de luta contra a homofobia.

Salvador, 28 de junho de 2012.

Fórum Baiano LGBT

Adé Diversidade (estadual)

ASMUSASDECA – Casto Alves

Associação Beco das Cores/ABC LGBT – Salvador

Associação CACTUS LGBT de Irecê

Associação da Parada Gay de Feira de Santana/APGFS – Feira de Santana

Associação das Travestis de Camaçari/ASTRACAM – Camaçari

Associação de Gêneros e Raça/AG8SAJ – Santo Antônio de Jesus

Associação de Travestis de Salvador – ATRAS

Associação em Defesa do Amor/ADAMOR – São Sebastião do Passe

Associação LGBTT Laleska di Capri – Salvador

CA de História Luiza Mahin /UFBA(Universitária) – Salvador

Cavaleiros de Shangrilah – Castro Alves

Coletivo LesBiBahia (estadual)

Diretório Central dos Estudantes/DCE-UFBA – Salvador

Diversidade Amar – São Francisco do Conde

GGB (estadual)

GRITE – Mata de São João

Grupo Caxixis Coloridos de Aratuípe – Aratuípe

Grupo Contra o Preconceito – CIA, em Simões Filho

Grupo de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros de Jequié / LGBTSOL

Grupo Diversidade Alagoinhas/GDA

Grupo Diversidade Sapeaçuense – Sapeaçu

Grupo Felipa de Souza – RMS

Grupo Fênix – Pojuca

Grupo Gay das Residências (GGR) – Salvador

Grupo Gay de Camaçari/GGC – Camaçari

Grupo Gay de Lauro de Freitas – GGLF

Grupo Gay de Ruy Barbosa/GGRB

Grupo Gay de Simões Filho/GGSF

Grupo Homossexual de Periferias/GHP – Salvador

Grupo Humanus – Itabuna

Grupo Lésbico Lilás – Lauro de Freitas

Grupo LGBT OMNI – Cruz das Almas

Grupo Liberdade, Igualdade e Cidadania LGBT/GLICH – Feira de Santana

Grupo Livre – Itaberaba

Grupo Olho de Horus – Santo Antonio de Jesus

Grupo Prisma – Lauro de Freitas

Grupo Realidade Colorida – Camaçari

Kiu! – Coletivo Universitário pela Diversidade Sexual – Salvador

Núcleo de Estudos de Gênero e Sexualidade da UNEB/NUGSEX DIADORIM (estadual)

Organização Homossexual de Alagoinhas/OHGA

Quimbanda Dudu – Salvador

Pro-Homo – Salvador

Rede Afro LGBT (estadual)

Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/Aids – Bahia/RNP+ – Salvador

SAPHOS – Ilhéus

Argila – Grupo Gay de Conceição do Almeida

Coletivo Corphus (Universitária) – Teixeira de Freitas

Diálogo e Diversidade Sexual – Salvador

EROS – Ilhéus

Fênix – Pojuca

GGCAT – Catu

Grupo Gay de Muniz Ferreira – Pedra das Cores

Grupo Gay do Oeste da Bahia – Barreiras

Grupo Gay Pérolas Negras – Santo Antônio de Jesus

INTIMUS – Tancredo Neves

Movimento de Articulação Homossexual de Paulo Afonso / MAHPA

Projeto Sociocultural Fênix – Salvador

Associação de Mulheres Amigas de Cruz das Almas / AMA – Cruz das Almas

Associação dos Renais Crônicos e Transplantados do Sul da Bahia/ARCROETSULBA – Ilhéus

Comitê Desportivo LGBT Bahia (estadual)

Congregação Mãe de Deus – Simões Filho

GAMAR – Amargosa

Grupo Autor da Vida – Ubaitaba

Grupo Dignidade e Diversidade/GDD – Governador Mangabeira

Grupo Adé Diversidade Colibri – Morro do Chapéu

Grupo Líberos Avante – Dias D’Ávila

Grupo SAD/Sou Assim e Daí? – Candeias

Grupo SAFO – Vitória da Conquista

Kizomba Arco-Íris (estadual)

Núcleo de Educação e Promoção à Saúde/NEPSI – Ilhéus