Fora dos padrões, livro de contos “A Boa Bicha” tem lançamento em Salvador

Notícias
13 de janeiro de 2017
por Genilson Coutinho

Sérgio Rodrigo_foto de Andre Alves (3)

O livro de contos “A Boa Bicha”, de Sérgio Rodrigo, será lançado no dia 14 de janeiro, às 15 horas, na Boto-cor-de-rosa Livros, Arte e Café. A estreia do autor na literatura é resultado de escritas experimentais realizadas ao longo de 11 anos. Na ocasião do lançamento, o autor fará uma breve apresentação do livro, seguida de leitura dramática de alguns de seus contos pelos atores Hamilton Lima e Márcia Andrade e pelo poeta Alex Simões.

A Boa Bicha é um livro que foge dos padrões. Sérgio optou por usar o termo bicha e não o homossexual, pois, para o autor, o conceito politicamente correto é higienizado e capturado. “Os sujeitos gays de fato se chamam de bicha, de ‘viado’, nunca de homossexual. Homossexual é como a ciência heterocentrada, eurocêntrica e branca nos chama. A gente é bicha mesmo”.

No decorrer dos 16 contos do livro, Sérgio Rodrigo supre, por meio do texto escrito, a necessidade de dar voz e visibilidade a algumas vivências no processo de ser bicha, baseado em como os corpos estão se relacionando entre si e com os espaços e os lugares, sejam eles físicos ou simbólicos. É um convite à descoberta da força da pluralidade, da diferença e das sexualidades através da arquitetura da cidade.

“Meu trabalho fala de vivências e de lugares em que eu caminho, inclusive afetivamente e politicamente. Parte da discussão do livro é tensionar algumas subjetividades e fazer aparecer sujeitos bichas que existem para além de qualquer conservadorismo”, acrescenta o escritor.

Sérgio Rodrigo explica que procurou trabalhar com uma experiência de sexualidade que não surja como um peso para o sujeito, mas como linha de fuga, lugar de liberação. “Tento dar carne a muitos de nós que são colocados na sociedade como sujeitos menores, abjetos. Ao mesmo tempo não idealizo essas subjetividades, mas tento mostrá-las por dentro, com toda sua beleza de corpo”.

Morte – A morte está presente no livro entre as paisagens criadas pelos corpos das personagens. Eles circulam em espaços da cidade onde o medo da morte pela intolerância surge a cada esquina que pode mostrar-se fatal para uma pessoa LGBT.rcorridos. São encontros e desencontros por entre paredes, alguns deles insólitos. É como eu tenho tentado achar liberdade de escrita e lugares de respiro no viver urbano”.

Sobre Sérgio Ricardo – É jornalista, escritor, artista gráfico e pesquisador.  Nascido no interior de São Paulo, vive em Vitória-ES há 16 anos. Em 2016, lançará seu livro de estreia, “A Boa Bicha”, pela editora Pedregulho. Alguns de seus trabalhos foram publicados em coletâneas, revistas e fanzines.  Foi premiado no concurso de contos eróticos da editora Huapaya (2008).  Criador e autor do blog Babado Certo. É doutorando em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia e milita nas questões de gênero e sexo.

Serviço

Lançamento do livro A Boa Bicha, de Sérgio Rodrigo

Quando: 14 de janeiro de 2017, sábado, das 15h às 19 horas.

Onde:  Boto-cor-de-rosa, Livros Arte e Café (Rua Marques de Caravelas 328, Barra)

Valor do livro: R$ 20,00

Aberto ao público