Fonte Nova rompe a barreira do som com sucessos de Maria Rita e Marcelo Jeneci

Música, No Circuito
17 de agosto de 2015
por Genilson Coutinho
Musa Maria Rita encanta o público com repertorio de samba (Foto: Vaner Casaes/BAPRESS)

Musa Maria Rita encanta o público com repertorio de samba (Foto: Vaner Casaes/BAPRESS)

A primeira edição do projeto Som na Fonte, realizada na noite deste sábado (15) na Itaipava Arena Fonte Nova, ficou marcada pelas inesquecíveis apresentações de Maria Rita e Marcelo Jeneci e também  pelo sucesso das medidas tomadas em relação à acústica.

Cerca de três mil pessoas cantaram e dançaram ao som dos artistas e prestigiaram o evento com conforto, segurança e um ambiente agradável que reuniu pessoas de ‎diversas idades, famílias, amigos e casais apaixonados.

 (Foto: Genilson Coutinho/ Dois Terços )

(Foto: Genilson Coutinho/ Dois Terços )

As medidas tomadas pela produção do show mostraram-se eficientes na redução do impacto sonoro no entorno do equipamento, respeitando as leis municipais de emissão de ruído.

De acordo com André Ferreira, responsável técnico da Sucom pelo monitoramento do Som na Fonte, os fiscais não detectaram nenhuma infração aos limites estabelecidos pelo município, nem receberam qualquer reclamação de moradores.

Olavo Fonseca Filho, diretor da empresa Sonar, contratada pela Itaipava Arena Fonte Nova para controlar o impacto sonoro do evento, explica que três sonômetros, aparelhos que medem o volume do som, foram utilizados durante as apresentações para garantir o controle dos ruídos. “Tivemos um aparelho fixo dentro da Arena, mais um fixo no Jardim Baiano e ainda um móvel que ficou a todo tempo monitorando o som ao redor do estádio”, garantiu.

 (Foto: Genilson Coutinho/ Dois Terços )

(Foto: Genilson Coutinho/ Dois Terços )

A cantora Maria Rita, que se apresentou na sequência do show de Jeneci, ressaltou a importância de novos espaços para eventos em Salvador. “Gostaria de agradecer a Arena Fonte Nova pelo convite e por estar proporcionando aos músicos mais um espaço de qualidade para apresentações na Bahia. Iniciativas como essa são muito importantes para música brasileira”, declarou a cantora, que encerrou o show minutos antes da meia noite.

Entre as medidas tomadas para o controle do impacto sonoro fora do perímetro da Arena estão o posicionamento estratégico do palco, na lateral da Praça Sul, localizado dentro de uma tenda com tratamento acústico que minimizou o vazamento sonoro; a distribuição adequada das caixas de som; a instalação de portas anti-ruídos e de barreiras acústicas nas laterais da tenda.

 (Foto: Genilson Coutinho/ Dois Terços )

(Foto: Genilson Coutinho/ Dois Terços )

O Som na Fonte segue durante todo segundo semestre de 2015 com uma programação de shows que incluirá ainda artistas como Skank e Sinara (05/09), Alceu Valença e Elba Ramalho (26/09) e Paralamas do Sucesso (data a ser definida). As vendas de ingressos para a segunda edição do projeto com  Skank e Sinara já começam nesta segunda-feira (17/08), na Ticketmix e no site e aplicativo da Ingresse.com.

Caráter multiuso – Desde a sua inauguração, a Itaipava Arena Fonte Nova tem tido importante destaque no mercado de eventos de Salvador, indo muito além do futebol. Por sempre investir e reforçar a proposta de ser um espaço multiuso, o equipamento já foi palco de mais de 100 eventos não-esportivos de pequeno, médio e grande porte, com um público total superior a 300 mil pessoas.  Seus diferenciais, que podem ser resumidos em boa localização, modernidade e infraestrutura de qualidade, têm atraído produtores, empresas e até aniversariantes e formandos. Sua setorização permite que diversos tipos de eventos sejam realizados, utilizando um ou mais espaços, credenciando Salvador para o circuito cultural e de negócios, além de gerar emprego e renda durante o ano inteiro.