Foliões já podem realizar testes rápidos para detecção de DSTs na folia

AIDS em pauta, Notícias
8 de fevereiro de 2016
por Genilson Coutinho

Os foliões já podem realizar os testes rápidos para detecção dos vírus HIV, sífilis e hepatites C nos dois postos do projeto Fique Sabendo instalados pela Prefeitura na Rua Marques de Leão, na Barra, e na Praça Municipal, em frente ao Elevador Lacerda. A estratégia visa incentivar a detecção precoce das doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), quebrando a cadeia de transmissão das patologias no Carnaval. Os serviços serão oferecidos gratuitamente ao público interessado até terça-feira (09), sempre das 9h às 21h, no Centro Histórico, e das 10h às 22h, na Barra.

As unidades são compostas por equipes multidisciplinares formadas por enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e bioquímicos devidamente treinados para aconselhar os pacientes, principalmente no momento do resultado. “Ao passarmos a informação para a pessoa, procedemos de forma individual. Quando o resultado é positivo, damos toda orientação e o cidadão saí da unidade já com o dia e horário marcado da consulta a ser realizada no Centro de Testagem e Aconselhamento Marymar Novais, localizado no Bonfim, inclusive para fazer exames complementares como o de carga viral”, explicou Olivete Borba, subcoordenadora de Rede Laboratorial da Saúde do município.

Sexo seguro – A prática do sexo seguro é uma das preocupações de muitos foliões que participam do Carnaval de Salvador. Com isso, a Prefeitura instalou, a cada 1,5 mil metros dos percursos oficiais, postos onde os foliões podem retirar preservativos. A distribuição das camisinhas teve início na abertura do Carnaval e vai até às 6h da Quarta-feira de Cinzas, de forma gratuita, nos dez módulos de saúde. E para facilitar o acesso ao método preventivo, a Prefeitura colocou uma caixa em frente a cada posto de saúde onde o cidadão pode fazer a retirada com facilidade. Serão distribuídas quase dois milhões de preservativos em 2016.