Final do Super Talento 2017 neste domingo (17), traz abordagem crítica aos 30 anos do axé

Notícias
14 de setembro de 2017
por Genilson Coutinho

Finalistas-Super-Talento-768x1024

Grandes clássicos que fizeram a história da Axé Music serão reconstruídos na final do concurso Super Talento 2017, que vem embalado pela temática comemorativa dos 30 anos do axé. Os sucessos que atravessam gerações e ainda hoje embalam nossas vidas também são um importante registro social de questões como a discriminação racial, fortemente presente na arte de protesto e autoafirmação dos blocos afro.

Cada década será retratada por uma visão feminista, através da representação de grandes cantoras de cada época. Pelo regulamento do concurso, as finalistas devem trazer ao palco suas homenagens a esta história utilizando elementos críticos como: roteiro e representação de ao menos um aspecto político-social referente ao Carnaval de Salvador: as relações camarotes x espaços públicos e pipoca x corda; divisão de circuitos; separação dos blocos e entidades afros para horários pouco favorecidos.

Valerie O’rarah, idealizadora do concurso, está ansiosa para a grande final com as estrelas da nova geração: Ah Teodoro, Leona do Pau e Sasha Heels, que seguem em ritmo acelerado para o desafio da grande final, com grandes expectativas para a grande noite. Valerie conversou com o Dois Terços sobre o concurso, e a criatividade e desejos das candidatas desde o início.

“Fazer arte com essas aristas  com menos de dois anos de show, e ver essas meninas lutando por esse espaço, e  também pelo prêmio, é gratificante. Muitas ficavam se perguntando: que concurso é esse que vai dar 10 mil em prêmio? Esse também é um grande atrativo, além do desejo delas  em fazer arte com muita criatividade. Todas  estão com muita vontade  e criatividade circulando no sangue. Elas dando  show, e cheias de ideias recicláveis,  e transformando lixo em arte. Fiquei passada com a saia da Leona do Pau, que fez um vestido com plástico de bolha e um spray dourado, era muita perfeição e eu não imaginava que, se não estivesse vendo que aquele vestido tinha sido feito com matéria reciclável, isso não tem preço, pois é talento de todos os lados”.

“Faria tudo outra vez! Não ponho nem tiro nada, pois faria tudo outra vez, com a mesma garra e determinação, com a mesma intensidade, tudo acontece no seu tempo, e  não quero atropelar nada na linha da vida. Ao longo destes 7 anos, quero que venham mais 7, mais 21 e vida longa ao concurso. Sobre mudanças de local e novidades para o próximo ano, ela dispara:  o passado fica no passado e o futuro pertence a Deus .. ainda temos uma final pra fazer e muitas coisas acontecendo”, diz Valerie.

Questionada sobre a permanência do concurso no Burlesque, diante do crescimento do concurso, ela brinca: “Como já falei, o futuro a Deus pertence e não sei o que vai acontecer na próxima edição, pode ser que mude de emissora, patrocinado, ou que eu abra meu próprio bar”, conta ela sorrindo sobre os rumos da 8ª edição.

A final do Super Talento 2017 acontece no próximo domingo, 17 de setembro, a partir das 19h30, no Teatro IRDEB, na Federação. Os ingressos custam R$30 e são limitados. Os interessados podem adquirir no Burlesque Bar (Rua da Mouraria, 51, Mouraria – próximo ao quartel) ou através do whatsapp (71) 99378-9595.