Filhos de pais gays são mais saudáveis

Sem categoria
6 de março de 2014
por Genilson Coutinho

Sempre que surge a discussão sobre a adoção de crianças por casais gays, a ala conservadora se rende aos mesmos argumentos, aquele velho papo sobre a saúde emocional dos filhos. Só que os medos não passam de mitos. E, mais uma vez, a ciência volta à cena para derrubar preconceitos e mostrar que existem até algumas vantagens em ser criado numa família homossexual.

Pesquisadores da Universidade de Melbourne, na Austrália, estudaram a vida de 500 crianças, com faixa etária entre 1 e 17 anos. E perceberam que os filhos de pais gays, com idade entre 5 e 17 anos, goleavam os filhos de casais convencionais no quesito saúde – em todas as classes sociais, essas crianças ficavam menos doentes. Ah, e mais: a autoestima dos filhos de pais gays não perdia em nada para as crianças criadas por casais heterossexuais. Ou seja, eram tão felizes quanto qualquer outra criança.

Os pesquisadores ainda não sabem explicar por que essas crianças são mais saudáveis, mas acreditam em algumas hipóteses. “Por causa da situação, as famílias de mesmo sexo geralmente desejam conversar e se aproximar mais dos problemas que as crianças têm na escola, como bullying. E essa abertura tende a tornar seus filhos mais resilientes. Essa seria nossa hipótese”, diz Simon Crouch, um dos autores da pesquisa.

Da Super Interessante.

Assista aqui o vídeo com a  Ana Karolina Lannes.