Cinema

Festival Mix Brasil anuncia os vencedores; confira a lista

Genilson Coutinho,
23/11/2021 | 10h11
Foto: Divulgação

O 29º Festival Mix Brasil de Cultura de Diversidade, que aconteceu de 10 e 21 de novembro, anunciou seus vencedores neste domingo (21) numa cerimônia no MIS (Museu Imagem e do Som) seguida de um show da cantora Raquel, uma das fundadoras da banda As Bahias.

O Coelho de ouro de melhor longa-metragem brasileiro eleito pelo júri foi para “Deserto Particular”, de Aly Muritiba, indicado para representar o Brasil no próximo Oscar filme também recebeu o prêmio de interpretação pela atuação de Pedro Fasanaro.  Entre os curtas-metragens “Manaus Hot City”  de Rafael Ramos, foi o premiado com o coelho de ouro.

Já o público premiou com Coelho de Prata Máquina do Desejo, de Joaquim Castro e Lucas Weglinski, como melhor longa nacional e Benedetta, de Paul Verhoeven, como o melhor longa internacionais. Já os curtas premiados pelo júri foram o nacional “Dois Garotos que se Afastaram demais do Sol”de Lucelia Sergio e Cibele Appe, e o internacional “Na Natureza”de Marcel Barelli.

O Prêmio Dramática de melhor peça de teatro eleito pelo júri foi para Ele, de Oliver Olívia, e o eleito pelo público foi “O Silêncio Anuncia o Grito ou Vox Bixa” de Marco Antonio Oliveira. Já o Prêmio Mix Literário ficou para “Mostrans” de Lino Arruda.

Boa notícia para o público que ainda não assistiu aos filmes premiados deste ano. O CineSesc exibirá alguns títulos vencedores na próxima terça (23) e quarta (24) com entrada gratuita (confira a programação em www.cinesesc.org.br)

Em formato híbrido com sessões presenciais e exibições online, o Festival Mix Brasil trouxe com 117 filmes de 28 países, além de peças de teatro, literatura, talks, oficinas e longas para crianças, shows e um tributo ao cantor Ney Matogrosso, que foi homenageado com o prêmio Ícone Mix nesta edição.

Confira, a seguir, todos os vencedores do 29. Festival Mix Brasil:

CINEMA

Coelho de Ouro – Prêmio do Júri da Mostra Competitiva Brasil

·       Melhor Curta-Metragem Brasileiro: MANAUS HOT CITY, de Rafael Ramos

·       Melhor Longa-Metragem Brasileiro: DESERTO PARTICULAR, de Aly Muritiba

INCENTIVO: O longa e o curta premiados com o Coelho de Ouro também receberão os prêmios DOTCINECTAV e MISTIKA de incentivo à realização de seus novos projetos audiovisuais através da parceria do Festival MixBrasil com apoiadores da área cinematográfica.

Coelho de Prata – Prêmio do Júri da Mostra Competitiva Brasil para Curtas-metragens

·       Melhor Direção: Victoria Negreiros e Júlia Fávero, por COMO RESPIRAR FORA D’ÁGUA

·       Melhor Roteiro: Rodrigo Almeida, por O NASCIMENTO DE HELENA

·       Melhor Interpretação: Raphaella Rosa, por COMO RESPIRAR FORA D’ÁGUA

·       Menção Honrosa: FLOR DE MURURÉ, de Marcos Corrêa e Priscila Duque

Coelho de Prata – Prêmio do Júri da Mostra Competitiva Brasil para Longas e Médias-metragens

·       Melhor Direção: Madiano Marcheti, por MADALENA

·       Melhor Roteiro: André Antônio, por VÊNUS DE NYKE

·       Melhor Interpretação: Pedro Fasanaro, por DESERTO PARTICULAR

·       Menção Honrosa: ATÉ O FIM, de Glenda Nicácio e Ary Rosa

Coelho de Prata – Prêmio do Público

·       Melhor Curta-Metragem Nacional: DOIS GAROTOS QUE SE AFASTARAM DEMAIS DO SOL, de Lucelia Sergio e Cibele Appes

·       Melhor Curta-Metragem Internacional: NA NATUREZA, de Marcel Barelli (Suíça)

·       Melhor Longa-Metragem Nacional: MÁQUINA DO DESEJO, de Joaquim Castro e Lucas Weglinski

·       Melhor Longa-Metragem Internacional: BENEDETTA, de Paul Verhoeven (França, Holanda)

• Prêmio Canal Brasil de Curtas: O AMIGO DO MEU TIO, de Renato Turnes

• Prêmio SescTV: UMA CARTA PARA O MEU PAI, de Aline Belfort

• Bolsa Ateliê Bucareste: Giuliana Lanzoni, pela fotografia de COMO RESPIRAR FORA D’ÁGUA

• Prêmio CineMix Periférico: COMO RECUPERAR O FÔLEGO GRITANDO, de Diego Nascimento e Murilo Gaulês

DRAMÁTICA

• Coelho de Ouro – Prêmio Dramática – JúriELE, de Oliver Olívia

•  Menções HonrosasO QUE RESTA, de Thiago Vilanova e O SILÊNCIO ANUNCIA O GRITO OU VOZ BIXA, de Marco Antonio Oliveira


• Coelho de Prata – Prêmio Dramática – PúblicoO SILÊNCIO ANUNCIA O GRITO OU VOZ BIXA, de Marco Antonio Oliveira

MIX LITERÁRIO

• Prêmio Mix Literário: MONSTRANS, de Lino Arruda

•  Menção HonrosaNECA + 20 POEMETOS TRAVESSOS, de Amara Moira

• Prêmio Caio Fernando Abreu de LiteraturaÚLTIMO DIA DO AMOR, de Brunow Camman

PRÊMIOS ESPECIAIS

• Prêmio Ícone Mix: Ney Matogrosso


• Prêmio Suzy Capó: Glenda Nicácio, codiretora do longa ATÉ O FIM, e o elenco do filme – Wal Diaz, Arlete Dias, Maíra Azevedo e Jenny Muller

• Prêmio Show do GongoBARBARA BEAUTY, de DaCota Monteiro

• Prêmio Ida Feldman: Jurandy Valença