Festival Internacional de Artistas de Rua chega à sua oitava edição invadindo o interior da Bahia

Sem categoria
25 de fevereiro de 2012
por Genilson Coutinho

O interior da Bahia vai se transformar em um grande palco para artistas do Brasil e do mundo com a chegada do 8º Festival Internacional de Artistas de Rua – Etapa Interior, que aporta no mês de março nas cidades de Sobradinho (nos dias 1º e 02), Juazeiro (dias 03 e 04) e Paulo Afonso (dias 06 e 07). As ruas e praças das cidades vão receber shows de música, magia, acrobacia, fantoches, artes plásticas e outras formas de entretenimento, com artistas de diversos países e culturas.

O evento, enorme sucesso de público por onde passa, é uma realização da Selma Santos Produções e Eventos com direção artística de Bernard M. Snyder, também conhecido como “homem-banda”. O festival foi contemplado pelo Edital de Apoio a Projetos Culturais Calendarizados da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

Os Artistas

Antídoto Lento – fantoches – Argentina

Adrian Bandirali, maestro de fantoches, aperfeiçoou seu show ‘antídoto lento’ na Europa e Argentina. As suas performances divertem adultos e crianças. Adrian dá vida a seus personagens com toda sua alma.

Djuggledy – malabarismo – Alemanha

Objetos são manipulados com virtuosidade e lançados até 30 metros no ar. No campo do malabarismo, Jan Manske se especializou no diábolo, criando um show cheio de charme e capacidade.

El Trio Chikiboom – música a capella – França/Espanha/Canadá

`Música a Capela´,  a arte de fazer música sem instrumentos. As cantoras Anne Johnson, Aude Taillandier e Marina Fabregas não precisam de banda, só de público…

Grupo Barlavento – samba de raíz – Brasil

Este grupo já espalhou o Samba de Roda e a música do Recôncavo no Brasil inteiro, assim como na Europa. Todo show do Grupo Barlavento é festa! Davizinho de Mutá (voz principal), Hamilton Reis (voz e violão),Cuca e Henrique (percussão) vão balançar as praças.

Homem Banda – música multi-instrumentista – Alemanha

Bateria nas costas, violão na frente, a gaita alternada com a voz. Bernard M. Snyder toca música rock-pop-soul com influências de vários outros estilos.

Leapin’ Louie – cowboy cômico – EUA

No seu show, este cowboy cômico do Oregon, no oeste dos Estados Unidos, conta com a participação do público. David Lichtenstein captura a simpatia dos espectadores com os seus laços.

Monique Leal – show de fogo – Brasil

O fogo, antigo e eterno símbolo da vida, faz parte dos ritos humanos desde o início. Monique Leal brinca com o fogo como se não fosse perigoso, apresentando um show de beleza e fascinação.

Mago Mustafá – ator cômico – Brasil

Maurício Oliveira é um ator de teatro muito presente nos palcos baianos. Desenvolveu o personagem  Mago Mustafá, mago cômico do Paraguai, especialmente para shows de rua.

Péter Susán – ilusionismo – Hungria

São poucos os ilusionistas que conseguem apresentar-se na rua, com espectadores ao seu redor. Péter Susán, mago-ilusionista de grande estima, vem de Budapeste, onde mantém um centro de magia.

Realejo de Paris – música realejo – França

Canções antigas que ainda são cantadas nas ruas de Paris. Jean-Marie Olive se dedica ao realejo há muitos anos e continua a viajar o mundo inteiro mostrando cultura francesa.

Rocky Lawrence – música blues – EUA

Harold ‘Rocky’ Lawrence toca blues, a música dos escravos negros da América do Norte. Nos seus shows ele apresenta canções tradicionais e de autoria própria, sempre com dedicação total à sua arte.

Tova Snyder – artes plásticas – EUA

Pintora e muralista internacional, Tova Snyder nasceu em uma família de artistas de