Festival do Rio tem doc sobre construção de gêneros

Cinema, Notícias
25 de setembro de 2014
por Genilson Coutinho

rio

Dudu Bertholini, Laerte, Rogéria, Ney Matogrosso, Elke Maravilha, João Nery, Johnny Luxo, Candy Mel, Letícia Lanz, Eduardo Laurentino e Walério Araújo abrem seu coração no documentário “De Gravata e Unha Vermelha”. A obra da documentarista e psicanalista Mirian Schnaiderman vai ser apresentada no Festival do Rio, na Cidade Maravilhosa, a partir do próximo dia 1.

Com roteiro de Mirian e produção de Reinaldo Pinheiro, o doc reúne em 86 minutos depoimentos de grandes nomes de um mundo transgressor, onde a sexualidade é reinventada. Quem faz as entrevistas é o estilista Dudu Bertholini.

“De Gravata e Unha Vermelha” cria uma vertigem a partir do jeito que cada um encontra de se respeitar na construção do próprio corpo. No uso das roupas e na criação de contornos, vão surgindo formas desruptoras de vida.

Mirian é ligada ao Departamento de Psicanálise do SédesSapientiae, doutora em artes pela Escola de Comunicações e Artes da USP e diretora de “Artersãos da morte” (2001), “Você faz a diferença” (2005), “Sobreviventes” (2009), “M’Boi Mirim” (2009) e “Afirmando a vida” (2011),  além de autora dos livros “O hiato convexo: literatura e psicanálise” (Brasiliense) e “Ensaios de psicanálise e semiótica” (Escuta).

Exibições no Festival:

1/10

CinepolisLagoon6, 20h

2/10

C.C. Justiça Federal 1, 16h45

3/10

Oi Futuro Ipanema, 16h

 

5/10

Ponto Cine, 20h

6/10

Ponto Cine, 18h