Festival de Literatura LGBTQIA+ acontece este mês

Slider
5 de junho de 2020
por Genilson Coutinho
Deko Lipe

O dia 28 de junho é conhecido por ser o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, por isso, o mês é inteiramente dedicado à ações em prol da comunidade. Pensando em levar a Literatura LGBT ao máximo de pessoas, mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus, o Cadê LGBT e o Primeira Orelha criaram o “FliCadê – O primeiro festival on-line de Literatura LGBTQIA+”, que acontecerá de 25 a 28 de junho.

O objetivo é reunir autores LGBTQIA+, editoras, agências e criadores de conteúdo para motivar a literatura com protagonismo queer. Além de discussões sobre mercado literário e representatividade, haverá também promoções de livros, lançamentos, e-books gratuitos para download e sorteios.

Todas as ações serão promovidas e realizadas no Twitter, onde serão divulgadas as promoções e e-books gratuitos e no Youtube, que funcionará como um auditório para as mesas de discussões. O público interessado só precisa ter acesso à essas redes.

Maria Freitas

A participação no FliCadê é gratuita e os autores podem se inscrever nos formulários que estão disponíveis no site até o dia 10/06/2020: https://www.cadelgbt.com.br/flicade

Os temas das mesas já foram divulgados no nosso site: https://www.cadelgbt.com.br/flicade. Os nomes dos convidados para as discussões, assim como demais detalhes sobre o evento, serão divulgados nas nossas redes sociais: @flicade (Instagram) e @cadeLGBT (Twitter).

Programação

QUINTA-FEIRA, 25

Programação surpresa e abertura oficial

SEXTA-FEIRA, 26

Mesa 01 – 16h

Literatura LGBTQIA+ e o mercado editorial

Mesa 02 – 19h

A importância da publicação independente para autores LGBTQIA+

Mesa 03 – 20:30h

Corpos não-padrão na narrativa LGBTQIA+

SÁBADO, 27

Mesa 04 – 16h

A importância da influência digital para a literatura LGBTQIA+

Mesa 05 – 19h

Literatura LGBTQIA+ – da publicação indie até a publicação por editoras

Mesa 06 – 20h30

Literatura trans e poesia

DOMINGO, 28

Mesa 07 – 16h

Literatura infantil LGBTQIA+

Mesa 08 – 19h

O protagonismo LGBTQIA+ na ficção especulativa

Mesa 09 – 20h30

Escrevivências de mulheres LGBTQIA+

Obs.: em todos os dias de evento haverá a divulgação de promoções, e-books gratuitos e realização de sorteios.

Objetivos do evento:

Promover títulos com representatividade LGBTQIA+;

Facilitar a aquisição desses títulos, seja de forma gratuita ou com valores mais populares;

Motivar e dar visibilidade a autores/as LGBTQIAs nacionais e/ou independentes.

Os organizadores

O Cadê LGBT é um projeto idealizado pela escritora mineira Maria Freitas. A iniciativa surgiu com o objetivo de facilitar o encontro entre o público, que anseia por conhecer e consumir mais literatura LGBTQIA+, e os livros.

O Primeira Orelha é um projeto literário desenvolvido pelo influenciador e escritor baiano Deko Lipe, e tem como foco as literaturas infantil, infantojuvenil e com representatividade LGBTQ+.

Evento: “FliCadê – O primeiro festival on-line de Literatura LGBTQIA+”

Data e local: de 25 a 28 de junho no Youtube e no Twitter

Deixe seu comentário

Sem comentários, seja o primeiro.