Festival de Cinema Baiano traz olhar de diretores de fora sobre a Bahia

Sem categoria
2 de junho de 2013
por Fábio Rocha

 

Como diretores que nasceram fora da Bahia retratam o estado nos seus filmes? Mostrar um pouco desse universo é a proposta da mostra Bahia Afora do III Festival de Cinema Baiano (Feciba), que ocorre em Ilhéus de 07 a 13 de junho, no Cine Santa Clara. A programação reúne os documentários “Futuro do Pretérito: Tropicalismo Now”, de Ninho Moraes e Francisco Cezar Filho, e “Raul – O início, o fim e o meio”, de Walter Carvalho, além da ficção “A última estação”, de Marcio Curi. O ingresso custa R$ 5,00/R$ 2,50, mas o acesso ao filme sobre Raul Seixas será gratuito.

Exibido no 45º Festival de Brasília, “A última estação” traz dois irmãos libaneses que chegam ao Brasil nos anos 1950. Décadas depois, um deles fica viúvo e em companhia da filha sai pelo país em busca dos meninos que fizeram a travessia para o país com ele. O filme será exibido dia 09, às 15h30, com a presença do ator protagonista Mounir Maasri, que conversará com o público após a sessão.

O filme de Ninho e Francisco lança um olhar do século 21 sobre o tropicalismo, movimento musical que marcou os anos 60/70. Composto por um mix de entrevistas, shows, intervenções artísticas e atores em pequenos esquetes, o filme será exibido dia 11, às 19h30. Já o filme de Walter Carvalho traz as diversas facetas de Raul Seixas, resgatando sua carreira, parcerias e vida pessoal. A sessão acontece às 19h do dia 13, antes da cerimônia de premiação.

O Feciba traz ainda uma mostra competitiva com 14 curtas-metragens e mostras temáticas com exibição de longas e curtas de diversos gêneros. O Festival de Cinema Baiano é uma realização da Voo Audiovisual e da NúProArt, viabilizada pelo Edital Setorial de Audiovisual 2012 da Secretaria de Cultura da Bahia.