Festa Pop conquista jovens de Salvador; confira as imagens

Notícias
14 de abril de 2015
por Genilson Coutinho

Foto_Genilson_coutinho 309

Com temáticas criativas, preço acessível e total liberdade para expressão dos jovens gays de Salvador, a Festa Pop do clube The Hall, no Jardim dos Namorados, já se tornou uma das mais celebradas do público entre 18 e 22 anos.

A mistura musical e a proposta de figurinos fechativos são alguns dos principais ingredientes da festa em que a galera fica à vontade para curtir todas as coreografias e desfilar desde super saltos até penteados impecáveis no gel.

Para Rodrigo Smith, proprietário da casa, o sucesso da festa se deve a liberdade que o público tem em se divertir como eles são em uma festa para eles.

“Há uma carência muito grande de eventos para o público jovem em Salvador. Aqui eles encontram o que buscam: meninos e meninas na mesma faixa etária, valores  acessíveis para um jovem que ainda não está trabalhando, mas quer sair pra badalar com a turma. É sempre muito divertido e gratificante ter a casa cheia e sentir a animação na pista. Já estamos pensando no próximo tema da festa”, pontua.

Foto_Genilson_coutinho 305

O que mais atrai o estudante Jailon, 20 anos, é o encontro com os amigos, as músicas e a fechação. “Venho sempre, pois aqui encontro com meus amigos e nos divertimos muitos sem restrições”, conta o estudante. Mas quando o assunto é namoro ele sorri e abre o jogo: “sempre rola uma paquera”.

Quem também não perde uma Festa Pop é o promotor de vendas Diogo, 21 anos, que se declara apaixonado por música eletrônica, já sem camisa na pista administrando os olhares. “Sou vidrado em música eletrônica e venho na Pop e em outras festas da casa, mas gosto muito da Pop pela mistura, pelo público, sem falar que é muito difícil rolar uma confusão. Sem falar que aqui tem muitos meninos mais novos e isso também me atrai”, revela ele.

Foto_Genilson_coutinho 311

Mas quem pensa que a Festa Pop é território apenas dos meninos está enganado, pois as meninas também vão em grupo e não deixam por menos  quando o assunto é diversão e paquera, como conta Fernanda, 22 anos, que não para de dançar enquanto fala com nossa equipe no hall da casa. “Venho em todas, a energia é muito legal. Só não tenho coragem ainda de subir no palco, mas morro de vontade. Não venho em outras festas, venho sempre nessa, pois meus amigos estão aqui e sei que será uma noite de diversão. Meu filho, cada festa é um figurino”, conta.

Do alto do camarote é possível ver Fernanda botando para quebrar com os amigos enquanto bem na sua frente outro grupo assiste paralisado a dança dos meninos e meninas que tomam conta do palco da boate com performances incríveis e de uma sincronia ímpar que leva a pensar que eles ensaiam antes de sair de casa.

Encerramos a matéria, mas a noite estava só começando. A próxima edição da Festa Pop já está sendo planejada. “Quem sabe não será uma noite de muito funk”, revela Rafael Baylão, promoter da casa.

Confira a galeria!

Fotos: Genilson Coutinho