FESHAAÇÃO: Festival de Artes LGBT acontece este mês no Cine Teatro Solar Boa Vista;confira a programação

Comportamento, Social, Teatro
5 de dezembro de 2014
por Genilson Coutinho

festival

Nos dias 18 e 20 de dezembro acontece no Cine Teatro Solar Boa Vista o FESHAAÇÃO – Festival de artes LGBT. O projeto apresenta atrações teatrais, performáticas, musicais, exposições e filmes que evidenciam a temática da diversidade sexual e da garantia dos direitos da população LGBT. É produzido pela turma do semestre 2014.2 da disciplina de Oficina de Produção Cultural da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia.

No primeiro dia do evento, 18/12, haverá a exibição dos filmes Jessy e Tatuagem; as exposições Boneca Sai da Caixa e Pendurado no Firmamento; performances de Yuri Tripodi e Misael Franco; e a peça teatral Solo Almodóvar.

No dia 20/12, será exibido o filme Da alegria, do mar e de outras coisas e Pinta; e o encerramento fica por conta do show de Portella Açúcar & percussão e da festa Baile Esquema Novo que terá performances de Yuri Tripodi.

A entrada do evento é gratuita. Apenas a festa de encerramento terá bilheteria com preços promocionais de R$ 10 (antecipado) e R$ 15 (na hora).

Programação:

Dia 18/12

Exibição dos filmes ‘Jessy’ e ‘Tatuagem’ – 15h

Jessy

Paula Lice, Rodrigo Luna e Ronei Jorge, BA | 15’, Digital, 2013

Jessy é a versão curta do documentário Jéssica Cristopherry. Assim se chamavam todas as personagens de infância de Paula Lice. Atriz, dramaturga e mulher, Paula conta com o apoio das madrinhas Carolina Vargas, Gina d’Mascar, Mitta Lux, Rainha Loulou e Valérie O’hara, para resgatar Jéssica Cristopherry e realizar o desejo de ser transformista. O filme de estreia de Buh!fu Filmes, parceria entre os artistas Rodrigo Luna, Ronei Jorge e Paula Lice, documenta a construção de Jéssica Cristopherry e carinhosamente homenageia a cena transformista soteropolitana.

Tatuagem

Hilton Lacerda, PE | 110’, Digital, 2013

Ano de 1978. No Brasil, a ditadura militar, ainda atuante, mostrava sinais de superação. Um teatro/cabaret de fundo anarquista, o Chão de Estrelas, que reunia intelectuais e artistas, junto a seu tradicional público de homossexuais, ensaiava a resistência pelo deboche e pela anarquia. Clécio, 32 anos é o líder dessa trupe. Sua personalidade forte e imperativa garante-lhe autoridade. Sua vida muda ao conhecer Fininha, apelido do soldado Arlindo, 18 anos. Recruta do interior e que serve ao exército da capital, é cunhado de um dos membros da trupe. Clécio inicia com Filinha um romance onde as relações de poder se estabelecem de forma enviesada. O amor que germina desse confronto é pautado pelo conflito entre dois mundos.

Exposições Boneca Sai da Caixa e Pendurado no Firmamento.

A Exposição do ilustrador Pedro Magalhães, conhecido por seus trabalhos intitulados “Pendurado no Firmamento”, será realizada no palco do foyer do Solar Boa Vista, durante o festival. Procurando dar um tom de metalinguagem as ilustrações estarão penduradas por fitas coloridas do Senhor do Bonfim, onde serão expostas e postas à venda. As ilustrações do “Pendurado no Firmamento” têm em sua linguagem temas em tom de protesto e afirmação, feitas de forma autoral. Os desenhos completam a exposição posta no foyer, que também contará com fotografias do ensaio Boneca Sai da Caixa, desenvolvido pela equipe do Labfoto, da FACOM/UFBA.

Performances de Yuri Tripodi e Misael Franco

As performances irão anteceder o espetáculo Solo Almodóvar.

Teatro: Solo Almodóvar – 20h, gratuito.

Dolores é uma travesti aficionada pela Espanha, que canta e conta histórias da sua vida, interpretada pela atriz Simone Brault. A peça promove reflexões acerca das paixões humanas, além de questões de gênero e sexualidade. Isso tudo sem deixar de ter elementos típicos das obras de Almodóvar: sarcasmo, humor e melodrama.

Direção: Djalma Thürler | Texto: Vinnicius Morais | Atriz: Simone Brault

Dia 20/12

Exibição dos filmes ‘Da alegria, do mar e de outras coisas’ e ‘Pinta’ – 19h, gratuito

Da alegria do mar e de outras coisas

Ceci Alves, BA | 13’, Digital, 2012

Baseado em fatos reais, conta a história de Nem Glamour, travesti que faz shows na noite e testemunhou a morte de sua melhor amiga, a também travesti Joy, em um crime de ódio. Por denunciar os algozes, ela se vê obrigada a fugir do país – não sem antes se despedir.

 Pinta

Jorge Alencar, BA | 72’, Digital, 2013

Pinta estabelece um cruzamento entre performance e cinema numa relação intensa com a cidade de Salvador – suas ruas, paisagens e personagens – buscando um sentido amplo de sincretismo e carnavalidade.

Bate-papo sobre audiovisual e LGBT – 21h, gratuito.

O bate-papo conta com a presença de Ceci Alves, diretora e roteirista do curta-metragem ‘Da alegria, do mar e de outras coisas’; Paula Lice, Rodrigo Luna e Ronei Jorge, diretores do curta-metragem ‘Jessy’.

Baile Esquema Novo

Abertura: Portella Açúcar & percussão

Performance de Yuri Tripodi – 22h, preços promocionais: R$ 10 (antecipado) | R$ 15 (na hora).

 O encerramento do Feshaação será comandado pelo Baile Esquema Novo. Antes da discotecagem, haverá o show de Portella Açúcar & percussão, além da performance de Yuri Tripodi que fará intervenções durante a festa.