Feira de Santana tem programa de Combate à discriminação e atendimento de saúde para comunidade LGBTQ+

Comportamento, Social
1 de agosto de 2019
por Genilson Coutinho

As pessoas LGBTQI+ de Feira de Santana vem recebendo um atendimento qualificado na área da saúde e no combate da discriminação. Essa população sofre variadas formas de discriminações, e por causa disso consequentemente são afetadas por diversos problemas de saúde, que vão desde as físicas, geradas pela violência, até as psicológicas, que acarretam problemas como depressão, que podem levar ao suicídio. Além disso, as Pessoas Trans que estão passando pelo processo de hormonização necessitam de acompanhamento, evitando automedicação e tantos problemas que essas pessoas estão suscetíveis. Ainda temos as questões das mulheres lésbicas e bissexuais, que precisam de um olhar diferenciado dos profissionais de saúde.
Por esses motivos e tantos outros, a Secretaria de Desenvolvimento Social, por meio da Divisão de Promoção dos Direitos das Minorias, vem realizando, em parceria com a Secretaria de Saúde, diversas estratégias que tem como objetivo cumprir o Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos e dos LGBT, e a POLÍTICA NACIONAL DE SAÚDE INTEGRAL DE LÉSBICAS, GAYS, BISSEXUAIS, TRAVESTIS E TRANSEXUAIS.
As Secretárias juntas disponibilizam atualmente atendimento psicológico e médico para as pessoas que necessitam de atendimento de saúde, assim como aconselhamento jurídico para LGBTQI+ que sofreu algum tipo de discriminação. Para além disso, cada dia mais os/as servidores participam de oficinas de capacitação e sensibilização, para atender, de forma qualificada, essa população, atentando por exemplo para o respeito ao nome social de acordo com a identidade de gênero.