Feira da Cidade terá 30 horas ininterruptas na Praça Castro Alves

Gastronomia, No Circuito
19 de agosto de 2016
por Genilson Coutinho

Já pensou 30 horas de Feira da Cidade sem parar? Esse final de semana será assim, o evento que reúne música, gastronomia, moda, manufatura, vinil e literatura, estará dentro da programação do IC Encontro de Artes, que acontece na Praça Castro Alves e no seu entorno. A Feira vai dá a largada às 15 horas da sexta-feira (20) e segue até às 21h do sábado (21), totalizando 30 horas de programação sem interrupção. No domingo (22), a Feira funciona em seu horário normal, das 10h às 19h.

A programação musical da Feira começa às 19h, com o Samba de Botiquim, que vai levar para a Praça Castro Alves o samba tradicional brasileiro, passeando por compositores como Cartola, Riachão, Paulinho da Viola e composições autorais. Logo após entraram em cena os Djs Mauro Telefunksoul e Ian Fragas, a cantora cearense Karina Alexandrino e paraense Jaloo em balando as primeiras horas da virada cultural. As barracas estarão funcionando durante toda a noite. O encerramento da virada cultural será com Larissa Luz.

De acordo com Carla Maciel, a produtora e idealizadora da Feira da Cidade, ser parceira de uma iniciativa como o IC Encontro de Artes é uma honra. “Fazer parte dessa programação, mostra que a cada dia, a Feira da Cidade vem se consolidando como um projeto transversal de ocupação dos espaços públicos com cultura, arte e economia criativa”, destacou.

Carla Maciel explicou que a intenção de começar a programação da Feira, antes mesmo do IC é dar oportunidade aos profissionais que estarão envolvidos durante as 24 horas e não poderão curtir a Feira e os trabalhadores da região, além de aproveitar um dos mais belos pôr-do-sol da cidade, o da Praça Castro Alves.

IC Encontro Internacional de Artes

Movido a partir do tema “Quanto dura sua chama?”, o IC Encontro Internacional de Artes terá programação ininterrupta em formato de virada cultural de 24 horas, a partir das 20h de sexta-feira (20) até sábado (21). As atividades acontecerão no Centro de Salvador, num incentivo à ocupação dos espaços culturais e públicos da região, como a Praça Castro Alves, o Espaço Cultural da Barroquinha, o Teatro Gregório de Mattos e o Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha.

A programação, que inclui trabalhos locais, nacionais e estrangeiras, será aberta com a instalação Standard Time, do alemão Mark Formanek, uma obra símbolo desta edição. A partir das 20h do dia 19 de agosto, um time de performers divididos em turnos construirá em tempo real um relógio “digital”, marcando o tempo de minuto a minuto e dialogando com a pergunta-base que moveu a curadoria neste ano.

O que é: Feira da Cidade – 10 anos do IC Encontro de Artes; Virada Cultural

Quando: 19, 20 e 21 de agosto

Onde: Praça Castro Alves