Exposição:Diálogo entre pintura e azulejaria é tema de exposição no Museu Udo Knoff

Sem categoria
2 de julho de 2013
por Genilson Coutinho

A partir do dia 5 de julho, às 18h, o Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica apresenta a exposição Entre Pedras e Telas – Um diálogo, uma inspiração. A mostra é resultado de uma parceria entre a unidade vinculada à Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (DIMUS/IPAC) e a Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia (EBA/UFBA). Com 36 criações dos alunos das disciplinas “Teoria e Técnica da Pintura” e “Pintura I”, a exposição segue em cartaz até 15 de setembro. A visitação é gratuita.
Orientados pelo artista plástico, mestre em História da Arte e professor da EBA, Anderson Marinho, os estudantes se inspiraram em parte da coleção de azulejos do museu que atualmente está em exibição na mostra Azulejos de Udo para produzir as pinturas, em sua maioria, trabalhos com tinta acrílica e óleo sobre tela. “Bastou um primeiro contato para a imaginação fluir e as ideias ganharem formas. O projeto não poderia ser mais providencial. O azulejo, antes de ser queimado, passa por um processo pictórico. Alguém, em algum momento elaborou desenhos, manchas, espaços definidos, síntese da criação, comum a todos os artistas pintores”, explica Anderson Marinho, responsável também pelo projeto expográfico da mostra.
O conjunto de azulejos preservados pelo museu inclui painéis decorativos de autoria do próprio Udo e criações de representativos artistas locais, a exemplo de Jenner Augusto, Genaro de Carvalho, Sante Scaldaferri e Calasans Neto. Conta ainda com azulejos remanescentes de casarões do Centro Histórico de Salvador, reunidos pelo patrono do museu nos anos 60 e 70. As peças são datadas dos séculos XVI ao XX e são originárias de Portugal, Espanha, França, Inglaterra, Holanda e Itália.

Para Anderson, parcerias como estas são fundamentais porque permitem que diversas instituições contribuam de forma efetiva para a construção de um museu vivo e aberto à comunidade. “A experiência também proporciona a alunos de diferentes níveis a oportunidade de se familiarizar com a prática profissional, tão necessária ao artista iniciante”, acrescenta. O Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica funciona na Rua Frei Vicente, nº 03, Pelourinho, de terça a sexta, das 12h às 18h, e nos finais de semanas e feriados, das 12h às 17h.
Serviço:
O que: Exposição Entre Pedras e Telas – Um diálogo, uma inspiração
Onde: Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica – Rua Frei Vicente, nº 03, Centro Histórico. Tel: (71) 3117-6389.
Quando: Abertura – 05 de julho, 18h. Visitação: até 15 de setembro. Terça a sexta, das 12h às 18h. Sábados e domingos e feriados, das 12h às 17h.
Gratuito
Realização: DIMUS/IPAC