Etapas estaduais da 2ª Conferência dos Direitos Humanos LGBT começam em setembro

Sem categoria
1 de agosto de 2011
por Genilson Coutinho

Dez estados brasileiros convocaram oficialmente as etapas locais da 2º Conferência Nacional de Políticas Públicas e Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – LGBT: Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Amapá, Goiás e Bahia vão realizar suas etapas entre 1º de setembro e 31 de outubro deste ano.

O objetivo das conferências estaduais é reunir governos e sociedade civil para avaliar e propor diretrizes de combate à discriminação e à violência, e para a promoção dos Direitos Humanos e da cidadania da população LGBT local.

O secretário-executivo do Conselho Nacional LGBT, órgão vinculado à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), Igo Martini, destaca a importância das etapas estaduais e municipais. “São espaços de consulta popular para que a população LGBT colabore na construção de políticas públicas para a melhoria de sua cidadania”, explica.

Entre as capitais com etapas municipais convocadas estão: Florianópolis, Curitiba, São Paulo, Belo Horizonte, Vitória, Recife, Fortaleza, Macapá e Palmas e nas cidades de interior: Serra (ES), Campina Grande (PB), Uberlândia (MG), Campinas (SP), Picos (PI) e Santo André (SP).

Os eventos precedem a 2ª Conferência Nacional LGBT, convocada pela presidenta Dilma Rousseff para os dias 15 a 18 de dezembro, em Brasília (DF), com o tema: “Por um país livre da pobreza e da discriminação: Promovendo a cidadania de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais – LGBT”.