“Estou muito feliz por tocar na terra do meu pai”, diz a DJ Vivi Seixas

Baladas, Música, No Circuito
6 de maio de 2018
por Genilson Coutinho

O anúncio da ida da Amsterdam para o Rio Vermelho, movimentou a cena LGBTQ+ em Salvador, e deixou a turma curiosa com o novo local e de como irá funcionar. A reforma segue em clima acelerado para abertura exclusiva no dia 10 de maio, com apresentação da DJ Vivi Seixas, filha do cantor baiano Raul Seixas.

A DJ Vivi Seixas, que chega à capital para a inauguração da Amsterdam Salvador, conversou com o Dois Terços  sobre a sua vinda à terra do seu pai, e de como nasceu essa paixão pela música eletrônica após um intercâmbio:
“A minha paixão pela música eletrônica nasceu em 1998, quando fui fazer um intercâmbio na Austrália. Lá, fui ao meu primeiro festival, e me apaixonei pela batida. A musica eletrônica pra mim é a minha forma de me expressar, a minha linguagem e o que me faz feliz”, revelou a DJ.
Sobre tocar na terra do pai, ela não esconde a emoção por dois motivos, tocar na terra de Raul e, segundo, por ser sua estréia na cena eletrônica em Salvador. “É só felicidade”, como conta ela.
“Estou muito feliz em tocar nessa inauguração!Tenho muito carinho pela Bahia por ser a terra natal do meu pai. Mais feliz ainda que essa será a minha primeira vez tocando em Salvador. Vou preparar um set de house e tech house cheio de groove e com fortes linhas de baixo, e pra quem curte música eletrônica será diversão garantida”, promete Vivi.
Questionada se vai rolar música baiana no seu set, ela conta que não é o forte dela, mas que irá fazer algo muito especial para os baianos e vai ter muita surpresa para o público soteropolitano.
“Eu não toco música baiana, a minha especialidade é musica eletrônica. Mas prometo um remix de uma música do meu pai, mas isso é surpresa”. garante a DJ.

A casa, que muda de endereço, mas não abandona sua proposta de colocar de mãos dadas diversidade e respeito, traz a DJ, que está inserida no meio musical desde pequena e já tem na estante o DJ Sound Awards 2015, na categoria DJ feminina de Deep House, um dos prêmios mais conceituados da cena eletrônica.

A noite de abertura será apenas para convidados  para entrar na lista de convidados acesse  a partir de segunda (7), aqui.

Os preparativos seguem a todo vapor, da iluminação que será um babado, à seleção das festas.