Espetáculos do FIAC-BA e do projeto Som e Fúria movimentam o Teatro Gregório de Mattos nesta semana

No Circuito, Teatro
20 de outubro de 2015
por Redação

O Teatro Gregório de Mattos vai receber uma programação especial nesta semana, que reúne espetáculos do projeto Cena Som & Fúria e do Festival Internacional de Artes Cênicas da Bahia (Fiac-Ba), com atividades entre os dias 23 de outubro e 1º de novembro.

Na terça e quarta-feira (20 e 21), às 19h, acontece mais uma edição da mostra “Cena & Som”, do projeto Cena, Som & Fúria. Dessa vez, será realizada uma dobradinha de apresentações, em que duas artistas baianas encenam solos de dança e teatro, respectivamente. A primeira é “Ópera Nuda”, de Isaura Tupiniquim, uma performance em que a autora investiga a relação entre corpo e voz a partir da emergência de fragmentos de uma memória televisionada. O espetáculo se constitui em torno das noções de excesso e tragédia, da precariedade e do glamour, da espetacularização do cotidiano televisionado. O segundo solo é “OFÉLIA: sete saltos para se afogar”, de Raiça Bomfim, que apresenta uma releitura de uma das mais famosas personagens de Shakespeare, Ofélia, da tragédia “Hamlet”. De acordo com a autora, na obra de Shakespeare, Ofélia aparece como par romântico do príncipe Hamlet, uma donzela obediente, que termina por enlouquecer e afogar-se nas águas de um rio. Com qualidade híbrida, intercruzando diferentes linguagens artísticas e friccionando os limites entre teatro e performance, a peça investe na criação de um espaço imersivo, em que o espectador é convidado a mergulhar no universo da afogada, visitando a personagem numa perspectiva feminista.

Na quarta-feira (22), será realizada a quarta edição do show de variedades “Vale-Tudo”, que terá o tema “Halloween Fúria”, em que os símbolos do Dia das Bruxas serão ressignificados em traduções para a Bahia. A estrela do transformismo Rainha Loulou comanda a noite com números protagonizados por artistas e amadores, selecionados através de convocatória pública, e convidados especiais. O evento acontece às 19h, com entrada gratuita.

De quinta a sábado (22 a 24), das 9 às 13h, o espaço recebe a oficina “Cena & Voz”, também do projeto Cena, Som & Fúria. A ação é voltada para cantores e artistas interessados na voz como meio expressivo para a cena e terá como orientadora a cantora e professora de técnica vocal mineira Babaya. As inscrições já estão encerradas.

Na quinta e sexta-feira (23 e 24), às 19h, a programação do Fiac-Ba, será iniciada pelo espetáculo “Um Corpo que Causa”, concebido e interpretado pelo dançarino, ator e coreógrafo Jorge Alencar. A performance é realizada em um cabaré em que um homem rola escada abaixo. Enquanto isso, ele filosofa, dança e canta, como se o príncipe Freddie Mercury se montasse de Cauby Peixoto e cantasse Barbra Streisand na voz de Caetano vestido de Ariel, a pequena sereia. Entre riso, lágrima, fantasia e descontrole, a performance mescla público, privado, exposição e intimidade para fazer da sexualidade/afetividade um espaço de delírio. Uma experiência para todas as famílias. Todas. Os ingressos custam R$20 (inteira) e R$10 (meia).

 

Na Galeria da Cidade, a exposição “Amar a Lina” se mantém em cartaz e pode ser visitada de quarta a domingo, das 14 às 19h. Com curadoria de Joãozito e Carla Zollinger, a ação homenageia o centenário da arquiteta Lina Bo Bardi, responsável pelo projeto do TGM, desenvolvido em 1986. A mostra reúne diversos objetos das tradições populares, produzidos por artesãos e marcados pela criatividade mágica e lúdica, que inspiraram o trabalho da artista desde que chegou à Bahia, no final da década de 50. Além disso, os visitantes podem conferir as maquetes das obras que ela realizou em Salvador, como o Conjunto do Unhão, a Casa do Benin na Bahia e a Ladeira da Misericórdia, que foram disponibilizadas pela curadora para apreciação do público.

Casa do Benin – Continuam abertas as inscrições para o Curso de Bordados Barafunda, ministrado pela Ekede Itana. Nas aulas, os alunos aprendem a fazer bordados tradicionais feitos à mão, conhecidos como barafundas, bainha aberta ou asa de mosca, que eram desenvolvidos pelas mucamas para ornamentar as roupas das senhoras na época de escravidão e cuja prática está entrando em desuso. As aulas serão realizadas até dezembro, com mensalidade de R$40.

PROGRAMAÇÃO:

TEATRO GREGÓRIO DE MATTOS

Espetáculo “Ópera Nuda”, com Isaura Tupiniquim + “OFÉLIA: sete saltos para se afogar”, com Raiça Bonfim  | Projeto Cena, Som & Fúria

Quando: Terça e quarta-feira (20 e 21), às 19h

R$10 (inteira) e R$5 (meia)

Show “Vale-Tudo – Halloween Fúria” – com Rainha Loulou | Projeto Cena, Som e Fúria

Quando: Quarta-feira (22), às 19h

Entrada Gratuita

 

Oficina Cena & Voz, com Babaya | Projeto Cena, Som e Fúria

Quando: Quinta a sábado (22 a 24), 9 às 13h

Inscrições encerradas

Performance “Um Corpo que Causa” – Direção: Jorge Alencar | FIAC

Quando: Quinta e sexta- feira (23 e 24), às 19h

Quanto: R$20 (inteira) e R$10 (meia)

 

Exposição “Amar a Lina” – Curadoria de Joãozito e Carla Zollinger

Quando: Quarta a domingo, das 14 às 19h

Onde: Galeria da Cidade

Entrada Gratuita

CASA DO BENIN

Curso de Bordados Barafunda

Quando: Quintas-feiras. Até dezembro

Professora: Ekede Itana

Quanto: Mensalidade R$40