Espetáculo ‘O Dia em Que Sam Morreu’ movimenta fim de semana em Salvador

No Circuito, Teatro
11 de julho de 2015
por Genilson Coutinho
Espetáculo da Armazém Companhia busca refletir sobre a sociedade contemporânea (Foto: Divulgação)

Espetáculo da Armazém Companhia busca refletir sobre a sociedade contemporânea (Foto: Divulgação)

O espetáculo dramático “O dia em que Sam Morreu” continua em cartaz neste final de semana no teatro Sesc Casa do Comércio. Dirigida por Paulo de Moraes, a montagem aborta impasses da sociedade contemporânea, como falta de ética, abuso de poder e crise moral. Os ingressos podem ser adquiridos pela internet ou na bilheteria do teatro.
A trama flagra os acontecimentos que mudam a rotina do hospital onde o desgovernado cirurgião-chefe Benjamin (Otto Jr.) aplica métodos nada ortodoxos para subir na carreira, incluindo altas doses de fármacos para aplicar filtro próprio em sua realidade. Quem invade o lugar é o jovem Samuel (Jopa Moraes), armado com uma pistola e muito idealismo, acreditando que assim pode ajustar os ponteiros do sistema corroído por todas as partes. Uma espécie de duelo entre o “eu sou o que eu sou” e o “eu sou o que me constitui”.
Na segunda parte da história, Patrícia Selonk vive Samantha, uma juíza criminal que tenta distinguir o que é correto no meio de uma situação traiçoeira; e Ricardo Martins vive Arthur, um talentoso cirurgião com uma moral bastante flexível. São eles que tratam dos caminhos percorridos da juventude à idade adulta, dos sonhos às decisões práticas do cotidiano, da dúvida e do sofrimento da dúvida. Na parte final, Sofia (uma garota de programa às voltas com o pai doente) é interpreta por Lisa Eiras e Samir (um velho palhaço convivendo com o Mal de Alzheimer) é interpretado por Marcos Martins. Ambos mostram o jogo de maneira mais poética, questionando o peso e a medida das coisas. Além deles, o diretor musical Ricco Viana executa ao vivo a trilha original do espetáculo; que conta ainda com iluminação de Maneco Quinderé, figurinos de Rita Murtinho e cenários concebidos em parceria por Paulo de Moraes e Carla Berri.
Serviço
O QUÊ: “O dia em que Sam Morreu”
QUANDO: 11 e 12 de julho – Sexta e sábado, 21h e domingo, 20h
ONDE: Teatro Sesc Casa do Comércio
QUANTO: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia) – desconto de 50% no valor inteiro na compra de até 2 ingressos para funcionários e clientes do Cartão Petrobras