Espetáculo “Na casa do rio vermelho – O amor de Zélia e Jorge”

No Circuito, Teatro
31 de julho de 2016
por Genilson Coutinho

Dentro da programação do centenário de Zélia Gattai, a peça teatral “Na Casa do Rio Vermelho – O amor de Zélia e Jorge”, com direção e texto de Renato Santos, interpretação de Luciana Borghi e realização da Carambola Produções, entrará em cartaz a partir do dia 6 de agosto, aos sábados e domingos, no Teatro Módulo.

Após apresentações compactas no Memorial Casa do Rio Vermelho e na Fundação Casa de Jorge Amado, ao longo do mês de julho, o público poderá assistir agora a versão integral do espetáculo que entrará em cartaz na cidade de Salvador.

A vida do casal Zélia e Jorge é uma aula de história do Brasil, pois ambos fomentaram a cultura de uma forma bem distinta, ele com uma linguagem particular e pitoresca em seus romances que confundem ficção com verdade, e ela, uma autora memorialista, que passeia tanto entre os fatos de um país em construção, como em sua vida ao lado de Jorge Amado na Bahia e no mundo. Mesmo sendo perseguidos e exilados, sempre valorizaram as relações afetivas que vai de Sartre a Neruda, entre tantas personalidades artísticas.

A construção da peça é composta por fatos relatados pela vida e obra de Zélia Gattai, que vira personagem da sua própria história, e tudo acontece num simples momento em que ela vai se despedir sozinha da casa do Rio Vermelho.

A direção de Renato Santos, prima por uma forma bem naturalista na encenação. A preparação da atriz Luciana Borghi, baseia-se na busca emocional e musical da memória de Zélia. Luciana e Renato se mudaram para Salvador onde intensificaram a pesquisa, que já se debruçam há alguns anos.

O espetáculo é permeado por músicas de Dorival Caymmi, Vinicius de Moraes, Harry Belafonte, amigos de Jorge e Zélia, entre outros gêneros musicais que formam a principal trilha sonora deste romance.

A música será executada ao vivo, pelos experientes músicos baianos, Daniela Penna (percussão) e Julio Caldas (violão), como uma personagem que dialoga com as histórias que costuram a narrativa.

O figurino criado originalmente pela estilista Goya Lopes integra o mundo de arte que vivia a autora.

Zélia influenciadora de várias gerações de mulheres brasileiras, considerada uma das melhores escritoras memorialistas, nos presenteia com suas fotos e memórias, criadas com força e doçura.

O espetáculo “Na Casa do Rio Vermelho” permanece em Salvador até o fim de agosto e depois segue para o Rio de Janeiro e São Paulo.

 

SERVIÇO

O quê: Na Casa do Rio Vermelho – O Amor de Zélia e Jorge

Onde: Teatro Módulo

Quando: De 06 de a 28 de agosto, sábados e domingo às 20 horas

Quanto: R$ 60,00 (inteira) R$ 30,00 (meia)

À venda na bilheteria do teatro e no site www.compreingressos.com