Escola de Dança da UFBA promove evento de pesquisas sobre a diversidade das identidades de gênero

Notícias
4 de setembro de 2019
por Genilson Coutinho

Flaminga – Foto: -Gabriel Alencar

Escola de Dança da Universidade Federal da Bahia promoverá, nos dias 12 e 13 de setembro, o DESMONTE – I Seminário de Dança e Diversidade, um projeto que propõe tratar das diversidades de corpos e de identidades de gênero nas artes do movimento.  O evento, que acontecerá na própria Escola de Dança, surge da necessidade de incentivo à produção de dados que tratam das violências cotidianas e institucionais a essas vivências, pretende sugerir caminhos artísticos, políticos e sociais alternativos. A programação conta com a participação de inúmeros pesquisadores, ativistas e artistas transgêneros, fomentando diálogos, apresentações, cursos e debates sobre o tema.
O pesquisador, artista, ativista e um dos produtores do evento, Ian Habib, defende que a população transgênera possa ocupar os mais diversos espaços de produção de conhecimento, que não se resumam a posições de relatos de experiências e objetos de pesquisa. “Entre a população trans há artistas, ativistas, pesquisadores, pesquisadoras e profissionais de todas as áreas de conhecimento, muitos ainda invisibilizados.”, disse.
Nomes como o da pesquisadora, economista e transativista Viviane Vergueiro, que está desenvolvendo uma tese de doutorado junto ao Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gêneros e Feminismos (NEIM) da UFBA, e o da professora Dra. Márcia Tavares, já estão confirmados. Além delas, a ouvidora da UFBA e também pesquisadora do NEIM, Dra. Iole Vanin, a jornalista e drag queen Bia Mathieu, a atriz e performer Jenny Müller e outros convidados do NuCus (Núcleo de Pesquisa e Extensão em Culturas, Gêneros e Sexualidades) da UFBA também farão parte da programação do evento.
Finalizando o segundo dia do evento, acontecerá o “Desmonte: Ballroom“. “Ballrooms ou Bailes de Vogue” nasceram nos guetos da população LGBTQI+ e negra, como espaços de celebração desses corpos dissidentes. Nos bailes, música, dança e moda se unem e promovem respeito e aceitação às diversidades.Confira a programação completa:
I DESMONTE – Dança e Diversidade de Gênero
Dia 12/09


15:00 às 17:00 – Esquenta DESMONTE
Workshop POC: Pretas, Ousadas e Contemporâneas – Bruno Novais18:00 – Performance de abertura
“Emoldurada” (Solo)
Jenny Müller18:30 às 20:30 – Abertura e Diálogos com Ouvidoria
Iole Macedo Vanin, Viviane Vergueiro, Nathália e Marilza Oliveira
Mediação: Rabeca

20:30 – Performance
Corpas Unidas

Dia 13/09

8:00 às 09:45 – Curso de Drags DESMONTE
Bia Mathieu, Fruta, Avoa Flaminga
Mediação: Ian Habib

10:00 às 12:00 – Vidas e olhares insubordinados: perspectivas interseccionais e decoloniais
Thiffany Odara, Julio Sésar Sanches, Marilia e Yuna Vitórua
Mediação: Claudenilson Dias

12:00 às 12:15- Transparto
Poesia, música e berimbau – Bruno Santana e Verciah

14:00 às 16:00– Feminismos e diversidades sexuais: resistências ao cistema
Gardênia Coleto, Raissa Eriss Grimm, Luana Souza, Darlane S. V. Andrade
Mediação: Dai Costa

16:00 às 16:30 – Performance Afluente (Música)
Inaê e Dimaz

16:30 às 18:00 – Mesa de Pesquisadores “Gêneros, corpos e sexualidades nas artes: práticas, poéticas e tensões”
Ian Habib – “Corpos Transformacionais”
Kleber Simões – “Censura no Brasil: tecnologia biopolítica de produção das fronteiras do humano”
Xan – Em busca de ancestralidades travestis latino americanas. Repensando corpo imagem e imaginário.
Rabeca – “Orgulhosamente feminista, Necessariamente inconveniente! Discursos políticos-poéticos-musicais das jovens soteropolitanas”

18:00- Lançamento do Livro Hip-Hop Feminista de “RebecaSobral”

18:30 – Ball room