Eriberto Leão fala sobre seu personagem gay e homofóbico em “O Outro Lado do Paraíso”

Notícias
26 de outubro de 2017
por Genilson Coutinho

Ellen Rocche e Eriberto Leão (Foto: Reprodução)

O ator Eriberto Leão, no ar em “O Outro Lado do Paraíso”, nova novela da faixa das 21h da Rede Globo, falou sobre o seu polêmico personagem, o médico Samuel.

Na trama escrita por Walcyr Carrasco, Samuel é um médico psiquiatra gay, mas que finge não ser e ainda pratica atos de homofobia. Para esconder a sua orientação sexual, ele se casará com uma enfermeira, interpretada por Ellen Roche.

“Walcyr Carrascocriou um personagem muito complexo, que vai ser fonte de várias conversas e discussões. Na minha opinião, o mais importante que ele traz é que quando você não vive a sua verdade, quando vive numa mentira, fica à mercê de forças interiores e exteriores que são sombrias. Acredito que a verdade nos liberta e a mentira nos aprisiona. E aprisionados nós somos capazes de qualquer coisa”, disse ele, ressaltando: “Samuel é homofóbico”, contou em entrevista ao Purepeople.