Encontro de filarmônicas e baile da independência no Campo Grande

Música, No Circuito
19 de junho de 2018
por Genilson Coutinho

Seis filarmônicas e um coral realizam o 27º  Encontro de Filarmônicas no 2 de Julho, das 18h às 21h do dia da Independência do Brasil na Bahia, em frente ao Monumento ao Dois de Julho, no Campo Grande e com a participação especial de Gerônimo. No dia seguinte, 3 de julho, a partir das 19h, também no Campo Grande, o Baile da Independência celebra com o povo a data máxima da Bahia, com a participação também especial da cantora Lia Chaves. Os dois eventos são promovidos pela Fundação Gregório de Mattos, da Prefeitura Municipal de Salvador, com coordenação musical do maestro Fred Dantas.

No 27º Encontro de Filarmônicas no 2 de Julho a abertura será realizada pela Filarmônica e pelo Coral da Casa Pia de São Joaquim e pela Filarmônica Ambiental. Em seguida, se apresentam a Filarmônica 19 de Março, de Acupe (distrito de Santo Amaro da Purificação), a Minerva Cachoeirana, a Filarmônica 2 de Janeiro, de Jacobina, e a Oficina de Frevos e Dobrados, de Salvador, que terá a participação especial do compositor Gerônimo.

 Filarmônicas na Capital – O Encontro de Filarmônicas é realizado há 27 anos sem interrupção e se tornou o principal meio de expressão das Bandas Filarmônicas diante do grande público na Bahia e a oportunidade de se apresentarem na capital, em uma data significativa para a nossa cultura, em um palco de grandes dimensões, com sonorização, iluminação e cobertura de todos os meios de comunicação. Este ano, duas corporações – de Cachoeira e Jacobina – vêm comemorar no Encontro 140 anos de atividades musicais.

 As Filarmônicas baianas – são 285 em todo o estado – são o principal meio de inclusão social e profissional através da música, um quadro que se reproduz em todo o Brasil. Aqui na Bahia as filarmônicas abrigam cerca de 15 mil crianças e adolescentes recebendo aulas de música e aprendendo a conviver e ter responsabilidade dentro de um conjunto. Essas instituições estão há mais de 12 anos sem um programa governamental de apoio, sobrevivendo de suas apresentações e de suportes locais que cada uma vai conseguindo, como um corpo regular de sócios contribuintes.

 Baile da Independência – No dia 3 de julho, a partir das 19h, o povo baiano poderá participar de um verdadeiro baile público a céu aberto e celebrar a data magna da Bahia. Este ano a convidada especial é a cantora Lia Chaves, uma das mais queridas e consagradas vozes da Bahia. Iniciativa da Fundação Gregório de Mattos, reviver o  ancestral Baile da Independência, realizado em dia subsequente ao grande cortejo popular do 2 de Julho até a década de 50, significa reproduzir o clima de urbanidade e delicadeza que caracterizava a também esquecida Festa da Mocidade. A Orquestra Fred Dantas foi incumbida de reproduzir musicalmente os vários períodos desta festa urbana.

Para o Baile da Independência resgatou-se primeiramente o Hino de Salvador, composto por Oswaldo José Leal, mas o repertório vai do lundu à modinha, passando pelos boleros e sambas próprios para a dança de salão, até os mais atuais ritmos dançados em grupo. Neste baile popular, dançarinos exímios se exibem, enquanto outros casais simplesmente dançam ao som da orquestra. Num segundo momento, ritmos balançantes convidam a todos para um congraçamento. Este ano estão convocadas todas as academias e escolas de dança  a transformar esta noite em uma ocasião especial. Serão distribuídas lembranças a estes  participantes.

 PROGRAMAÇÃO

18:00 – Abertura com execução do Hino ao 2 de Julho (Santos Títara-Santos Barreto) com o Coral e Filarmônica da Casa Pia e Colégio de Órfãos de São Joaquim – regência do Coral por Irma Ferreira e da Filarmônica por Edvan Moreira – e Filarmônica Ambiental, com regência de Antônio Dácleo.

18:30 – Filarmônica 19 de Março, de Acupe (distrito de Santo Amaro da Purificação), sob regência do mestre Jairo Pinho.

19:00 – Filarmônica Minerva Cachoeirana, com regência do mestre Claricio Mascarenhas Marques e do mestre decano Felisberto José da Silva – Imagens – https://youtu.be/Vky4DqJi-YA

19:30 – Filarmônica 2 de Janeiro, de Jacobina, com regência de Celso Santos – Imagens – https://youtu.be/txoCuFXkJVg

20:00 – Oficina de Frevos e Dobrados, com regência do maestro Fred Dantas, com  participação especial de Gerônimo

Baile da Independência – 3 de julho de 2018, no Campo Grande, a partir das 19h30, com Orquestra Fred Dantas e participação de Lia Chaves.