Emoção e praça lotada marcaram 3ª edição do Miss Suburbio Gay; veja as fotos

In Moda
24 de janeiro de 2016
por Genilson Coutinho

A condessa Tabatha Vermont (Foto: Genilson Coutinho)

A noite do último sábado (23), no Subúrbio de Salvador, foi de celebração e beleza gay, na Praça da Revolução, no bairro de Periperi, na capital baiana, durante a 3ª edição do Miss Suburbo Gay, que este ano, reuniu um time de 11 candidatas ao título.

(Foto: Genilson Coutinho)

A comunidade atendeu ao chamado e lotou a praça para acompanhar de perto a disputa da mais bela do subúrbio, em uma noite de muita emoção e homenagem e pedido de Justiça, através da arte, durante o Show de Ayana Vitória, primeira  Miss Subúrbio do concurso, que, ao lado de outros ,artistas, prestaram uma homenagem ao jovem Enrik Assis das Neves, assassinado durante um assalto na Praça da Piedade, na última terça-feira (19). Após o bloco de shows comando por  Tabatha Vermont, que trouxe as estrelas  Scarleth Sangalo e Isabella  Sodred , para delírio do público, as candidatas retornaram ao palco para  grande final, com os luxuosos vestidos, que deram trabalho ao corpo de jurados. Após um empate entre as duas finalistas, a candidata de Letícia Agatha, representa de Paripe, recebeu o título de Miss Subúrbio 2016, para  a alegria da torcida organizada que, minutos antes da votação, já gritava o nome da vencedora .

Chicco Assis, gestor do espaço Cultural da Barroquinha, Letícia Agatha , Miss Subúrbio 2016, Fernando Guerreiro, presidente da FGM e Tabatha Vermont (Foto: Genilson Coutinho)

Esta  edição do concurso contou  com o patrocínio do Arte Todo Dia Ano II da Fundação Gregório de Matos e Prefeitura Municipal de Salvador e com  o apoio do Site Dois Terços .

O projeto é uma realização de Fabrício Cumming, que assina a produção da atividade, e sua personagem, a Condessa Tabatha Vermont, a mestre de cerimônia.

Veja a galeria de fotos.

Letícia Agatha, Miss Suburbio 2016 (Foto: Genilson Coutinho)