Carnaval

Destaques

Embaixadora da Livre de Assédio, a cantora Taís Nader lança música em homenagem às mulheres na “boca do carnaval”

Genilson Coutinho,
31/01/2024 | 20h01
Foto: Divulgação

Embaixadora da Livre de Assédio, a cantora Taís Nader lança música em homenagem às mulheres na “boca do carnaval”
Na boca do Carnaval, nada é mais baiano do que usar a expressão para qualificar a proximidade de um acontecimento, a cantora criou a linda canção ‘Pipoca com Amor’. A música chegou ao coração de Taís Nader, faltando poucos dias para a grande festa. No estúdio, com arranjo e direção de Luciano Calazans, a banda deu vida à ideia de homenagear as Marias que batalham por uma vida melhor, em especial, as ambulantes do Carnaval de Salvador.
Chegou a hora da grande festa, da folia em Salvador, mas para alguns se divertirem com segurança, cantoras como Taís Nader e ativistas e empreendedoras como Ana Addobbati, estão atentas.
Com 20 anos de carreira e participação garantida no Furdunço (dia 4), Taís se prepara para levar sua nova música para conhecer as musas que a inspiraram: gente que vende pipoca, água, cerveja e cata lata. Mulheres que levam os filhos para atrás do isopor, porque essa é a luta de quem precisa trabalhar muito para prosperar. Na música, como na vida real, tudo que a mulher quer é ser mais feliz. E essa é a promessa: “eu só quero que a música chegue ao seu destino. Sinto que ela veio pra trazer alegria”, explica Taís.

No Carnaval de 2023, como embaixadora da Livre de Assédio, a cantora lançou ‘Livre de Assédio no Carnaval’ um jingle autoral para o projeto. Este ano, além de levar pipoca e amor para as ruas, em companhia de uma banda incrível, Taís leva também a filha, Clarice Póvoas, para a sua primeira experiência nos vocais. O tema de Taís para o Carnaval 2024 é LIVRE, com a primeira apresentação no dia 2 de fevereiro.

No dia 04 de fevereiro, a cantora Taís Nader, leva seu trio Livre para o Furdunço com sua campanha forte que convida as mulheres para serem livres. “Livre para ser o que quiser, livre para cantar para sentir, livre para se reinventar”, conta Taís. Junto com a Livre de Assédio, a embaixadora da instituição abriu esse espaço para a informação, a segurança e a liberdade das mulheres serem cantadas no circuito Ondina-Barra, no domingo pré carnaval, junto com algumas belas canções de sua carreira que já alcança os 20 anos de estrada.
Ela convidou a fundadora da Livre, Ana Addobbati, para subir no trio e acompanhar de perto a folia. “As festas de largo e o carnaval da Bahia são opções democráticas para o povo se divertir, representado a cultura brasileira diversa e um grande vetor econômico para a indústria do turismo. O assédio é um ofensor para as cidadãs e cidadãos que querem ocupar as ruas com segurança, assim como para a turista, que quer sair de Salvador com as melhores memórias. É importante convidar a sociedade para colaborar com uma cultura de segurança na maior festa do País”, ressalta Ana.