“EM FAMÍLIA” volta a cartaz no Teatro Gregório de Mattos

Música, No Circuito
3 de setembro de 2019
por Genilson Coutinho

Completando um ano de sucesso desde a estreia no Teatro Martim Gonçalves em setembro de 2018, o espetáculo EM FAMÍLIA, um dos mais aplaudidos e elogiados espetáculos do teatro baiano dos últimos tempos está de volta a cartaz no palco do Teatro Gregório de Mattos, nona montagem da companhia de teatro Os Argonautas – fundada em 1999 – comemorando os seus vinte anos de existência juntamente com os oitenta anos do ator Harildo Deda, que protagoniza o espetáculo

Indicado ao Prêmio Braskem de Teatro na categoria MELHOR ESPETÁCULO, a peça EM FAMÍLIA tem direção de Marcelo Flores e texto de Oduvaldo Vianna Filho. A peça mostra de forma emocionante e divertida, os problemas de uma família típica brasilieira que tem os pais (o casal de idosos Dona Lu e Seu Sousa) despejados da casa onde moram por não terem condições financeiras para mantê-la. Com leveza, humor e poesia o texto expõe o problema da velhice, da crise econômica vigente e do sistema previdenciário, ao denunciar as dificuldades de se viver em uma sociedade centrada nas relações de capital e trabalho, que marginaliza os mais velhos. “Em Família” é um retrato afetivo, humorado e melancólico da crise do homem velho que já não pode prover a si mesmo e aos seus e termina preso a uma engrenagem social de falência que o separa de seus afetos e do conforto esperado no final da vida.

O período da história da peça, os anos 1970, é muito importante para a ação. Assim, a cenografia e o figurino, bem como a trilha sonora, têm papel essencial para a recriação da época da história e para a agilidade e simultaneidade dos planos de cena. O autor, mais conhecido como Vianinha, agregava com muita eficiência os elementos da então “modernidade” ao teatro, tanto na forma quanto no conteúdo, impregnando a peça de verdade e atualidade. Esse é, justamente, o objetivo primordial da encenação: conservar a essência do original sem descaracterizá-lo, evidenciando os aspectos mais contemporâneos do texto, cuja aventura humana das personagens é o seu símbolo máximo.

O elenco agrega nomes consagrados de diferentes gerações do teatro baiano, em torno do casal de protagonista vivido por Harildo Deda e pela atriz Joana Schnitman (substituindo Neyde Moura nesta temporada). Os filhos, parentes e amigos do casal são vividos por Alethea Novaes, Gil Teixeira, Marcelo Praddo, Márcia Andrade, Socorro de Maria( revezando com Zeca de Abreu), Vivianne Laert , Valéria Fonseca e Widoto Áquila.

Para o diretor Marcelo Flores, “esse é um dos textos mais belos e carregados de afeto de Vianinha, tendo como pano de fundo o cenário político brasileiro do começo dos anos 70 que tem muita correspondência com o Brasil atual. Começamos a estudar Vianinha no Clube da Cena, que é o grupo de estudos da nossa companhia, Os Argonautas, e o que nos mantém ativos e em permanente exercício. Fiquei encantado com a obra dele. Depois disso, Harildo Deda me propôs realizarmos a montagem do Em Família. Então, a motivação do espetáculo está na junção entre o valor do texto desse importante autor e o convite proposto por Harildo”.

Para o ator Harildo Deda, “é uma peça importantíssima para a dramaturgia nacional, pois trata de um assunto que nem sempre é abordado no teatro: a velhice. Aliás, eu prefiro dizer velhice do que melhor idade. É preciso estar atento a como o Brasil trata os seus velhos”. Depois de realizar 75 peças de teatro, sendo 30 delas também como diretor, Harildo complementa: “estou muito feliz com esse novo trabalho, pois já tem algum tempo que fiz minhas últimas atuações no palco: A Gaivota, em 2014, e Nossa Cidade, em 2015″.

O espetáculo fica em cartaz de 06 a 22 de setembro,  sextas às 19h, sábados e domingos, às 18h. Ingressos: R$ 30,00( trinta reais) inteira | R$ 15,00 ( quinze reais) meia.

O AUTOR

Em 2016, Vianinha teria oitenta anos. Não fosse sua morte precoce aos 38 anos, Oduvaldo Vianna Filho certamente seria hoje uma unanimidade, reconhecidamente consagrado para o grande público. Ator, autor de teatro e TV, homem de sua época, idealista e politizado, seus textos – igualmente censurados e premiados – foram encenados sempre com grande sucesso e fortuna crítica por grandes nomes do teatro nacional. Rasga CoraçãoPapa HighirteMão na LuvaCorpo a Corpo e tantos outros são obras que marcaram época e que merecem um resgate para as novas gerações que o conhecem mais como o criador da série A Grande Família, um dos maiores sucessos da TV brasileira em todos os tempos. Sua obra compõe um belo painel humanista, carregado de tintas poéticas e políticas, com buscas de renovação estética formal, refinamento e humor. Misto de denúncia social e dissecação do mundo íntimo dos indivíduos nos embates das relações amorosas, familiares e profissionais, em meio à sociedade de consumo de um sistema econômico opressor e desumano.

A MONTAGEM

A peça Em Família propõe, com muita justeza, em um momento bastante apropriado, a discussão dos conceitos de abrigo, trabalho, aposentadoria, relevância e papel do idoso na sociedade. Ampliando o conceito de lugar (físico) para o de lugar (posição) do cidadão em idade avançada, o projeto recoloca o artista nessas condições em seu habitat: o palco. A presente montagem, encabeçada por Harildo Deda e dirigida por Marcelo Flores, adiciona um sentido à família do texto: o da comunidade artística que reúne diferentes gerações em torno de um mestre (Harildo) e da aprendizagem teatral de seus discípulos, onde se incluem a própria cia de teatro Os Argonautas e o restante do elenco- em sua maioria ex-alunos da Escola de Teatro da UFBA.

SERVIÇO

Espetáculo EM FAMÍLIA
texto de ODUVALDO VIANNA FILHO direção de MARCELO FLORES com HARILDO DEDA, JOANA SCHNITMAN, ALETHEA NOVAES, GIL TEIXEIRA, MARCELO PRADDO, MÁRCIA ANDRADE, SOCORRO DE MARIA/ZECA DE ABREU, VALÉRIA FONSECA, VIVIANNE LAERT E WIDOTO ÁQUILA.

LOCAL – TEATRO GREGÓRIO DE MATTOS

DATA – DE 06 A 22 DE SETEMBRO

HORÁRIOS – SEXTAS ÀS 19H, SÁBADOS E DOMINGOS ÀS 18H

INGRESSOS – R$ 30,00( trinta reais) inteira | R$ 15,00 ( quinze reais) meia

REALIZAÇÃO OS ARGONAUTAS CIA DE TEATRO