Editora lança livro sobre Festa de orgias para homens

Comportamento, Social
20 de novembro de 2017
por Genilson Coutinho

 

Samuel Macêdo do Nascimento*        

A Editora Devires acaba de lançar o livro “Festas de Orgias Para Homens: territórios de intensidade e socialidade masculina” do antropólogo e doutor Victor Hugo de Souza Barreto. A obra, prefaciada por Laura Lowenkron, é resultado de uma pesquisa de doutorado e tem despertado o interesse dentro, e fora, do campo de estudos de gênero e sexualidades. O livro insere um debate urgente, trata-se do julgamento equivocado onde estudos são eleitos como banais ou relevantes pelos doutos do país. Pensadores e teóricos estudam gênero e sexualidades há muitas décadas, em centros de pesquisa e universidades localizadas em países economicamente ricos. É necessário que as universidades públicas, e os órgãos de fomento de pesquisa brasileiros, continuem colaborando com a produção de pesquisas  onde os únicos parâmetros exigidos sejam a potência da escrita, a inovação e o uso inteligente dos conceitos e teorias.

Festas de Orgias Para Homens: territórios de intensidade e socialidade masculina traz um caráter literário incomum às teses de doutorado e foi dividido em: Primeiro Mergulho e Pesquisa, Introdução a Orgia, O princípio da Masculinidade, O princípio da Discrição e O princípio da Putaria.  A partir dessa imersão detalhada no mundo dos homens que desejam homens, mas não se consideram gays ou homossexuais, Victor Hugo demonstra que a experiência do pesquisador é fundamental para a construção do texto e desenvolvimento de uma pesquisa acadêmica, uma vez que o seu olhar está implicado com os objetos, temas e campo abordado.

Victor Hugo elenca subtópicos que conduzem o leitor ao seu processo de pesquisa, observação e escrita. Existe uma análise dos gestos, do comportamento, das cenas e do próprio ato sexual entre homens que performatizam um ideal de macho. Ora Victor Hugo é um voyeur como um personagem de um filme de Stanley Kubrick, ora ele é um etnógrafo que pensa e analisa de forma filosófica o mundo dos homens e suas orgias secretas.  Indicamos ao leitor o mergulho em “Festas de Orgias Para Homens: territórios de intensidade e socialidade masculina” tão debatida na internet e na imprensa nos últimos meses. O livro encontra-se à venda na loja online Queer Livros https://www.queerlivros.com.br .

Samuel Maêdo do Nascimento*

Professor do curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal de Sergipe. Mestre em Cultura e Sociedade pela Universidade Federal da Bahia. Bacharel em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade Federal do Ceará. Membro do Grupo de Pesquisa em Cultura e Sexualidades – CUS. Integrante da Associação Grupo de Estudos Sétima de Cinema: História, Teoria e Crítica; com sede em Juazeiro do Norte, Ceará. Participou de projetos de pesquisa e extensão em cinema, cineclubismo, artes, comunicação e mídias alternativas, gênero, sexualidades e subalternidades. Foi membro do Grupo de Pesquisa em Cultura e Subalternidades do Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade – UFBA (2014-2016).