E essa bissexualidade?

Sem categoria
8 de abril de 2012
por Genilson Coutinho

Quantos bissexuais você conhece?

Eu conheço poucos, bem poucos.

Conheço algumas pessoas intituladas bissexuais que são gays mal resolvidos e conheço gays que em matéria de bissexualidade não passam de um beijo no sexo oposto. Me perdoem se estou sendo radical, mas minha avaliação advém do meu conhecimento.

Para o psicólogo e psicoterapeuta Klecius Borges “a orientação sexual se refere à orientação do desejo afetivo-sexual. A orientação bissexual é a expressão de desejo por ambos os sexos”. Uma coisa é garantia, se você for bissexual tem 50% mais chance de arranjar um(a) parceiro(a), certamente minha crença é de que a bissexualidade é tendência mundial. Nada mais cult do que se apaixonar por pessoas e não por sexos.  São paixões mais puras, onde o que importa é a companhia, o toque, a inteligência, a parceria…

Situacional ou não, estudiosos como o biólogo Alfred Kinsey e o psiquiatra Fritz Klein afirmam que a cultura e o momento interferem diretamente no comportamento da sociedade, o que me permite a ousadia ao afirmar que esse século XXI é uma excelente oportunidade aos que desejam novas experiências.

“Não se deseja gozar. Deseja-se experimentar a vaidade de um prazer, para não se continuar obcecado por ele.” Cesare Pavese

Tchau Tchau

Rodrigo Almeida –  Colunista Social

Pesquisador apaixonado por Relações Humanas, Relações Públicas, Comunicação Digital, Inteligência, Redes Sociais, Conhecimento de Causa, Humildade, Educação, Discernimento, Coragem, Elegância entre tantas outras coisas… Diz aí o que você pensa sobre isso. Vamos conversar sobre o mundo!

Twitter: @almeida021 / Blog – minhacomunicacao.blogspot.com