E aí, curte o quê? Por Rodrigo Almeida

Opinião
5 de agosto de 2011
por Rodrigo Almeida

E então surge a pergunta clássica: você é ativo ou passivo?

Há… Pelo amor de Deus! Eu sou homem, o que importa além disso?

 

Casos, amigos(as), curiosos(as) e indiscretos(as) adoram saber em que posição sua transa acontece. Parece que já não basta o fato de ali estarem dois homens ou duas mulheres, é preciso detalhar a posição sexual e quiçá ilustrar de que forma você gosta de dar (perdoe-me o uso da palavra) e receber prazer.

Socialmente rotulamos todos os indivíduos: os gordos, os magros, os altos, baixos, carecas, cabeludos, gays entre tantos outros que brotam da fertilidade de nossas mentes sadias. Claro que dentro destes rótulos nós queremos diferenciar ainda mais as pessoas. Então entre os gays existem a divisão dos ativos, passivos e versáteis.

Ativos são os homens que assumem uma postura dominadora durante o sexo. São os personagens que penetram em seus parceiros e não aceitam de forma alguma serem penetrados.

Passivos são os homens que sentem mais prazer em serem penetrados. Seu estímulo sexual está na dominação sofrida e na posição de dominados que assumem.

Versáteis são os mais flexíveis. Oscilam entre dominar e ser dominado, penetrar e ser penetrados enfim, preocupam-se menos com os rótulos, mas mais com o prazer do ato sexual.

Posso dizer que todo gay tem sua preferência sexual, assim como todo hetero sabe onde gosta de ser tocado. Não há diferença nas relações, há diferença na curiosidade do povo. Ou alguma mulher no primeiro encontro pergunta ao seu parceiro se ele é adepto de um “fio terra”?

Sei que o dito não mudará nada, ou quase nada, nesta prática, mas desejo para a comunidade uma postura menos agressiva. Pensemos nas pessoas como potenciais relacionamentos e não como máquinas sexuais expostas ao prazer. Saber se de quatro, de frente, frango assado ou de costas é intimo demais para uma conversa de cinco minutos, não acha?

Mas afinal… e aí, você curte o que?

“O sexo faz parte da natureza. Eu só sigo a natureza.” Marilyn Monroe

 

 

Rodrigo Almeida –  Colunista Social

Rodrigo Almeida –  Colunista Social

Pesquisador apaixonado por Relações Humanas, Relações Públicas, Comunicação Digital, Inteligência, Redes Sociais, Conhecimento de Causa, Humildade, Educação, Discernimento, Coragem, Elegância entre tantas outras coisas… Diz aí o que você pensa sobre isso. Vamos conversar sobre o mundo!

Twitter: @almeida021 / Blog – minhacomunicacao.blogspot.com