Dia Mundial do Rock terá programação gratuita neste domingo (13) no Pelourinho

Música
13 de julho de 2014
por Genilson Coutinho

os-Jonsóns

Estilo musical que soube traduzir ao longo de décadas o que a juventude pensa, seus anseios e desejos de mudança na sociedade, o Rock’n’Roll terá seu dia celebrado neste  domingo (13). Para comemorar a data, a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, através do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), realiza uma programação especial no Dia Mundial do Rock, no Largo Pedro Archanjo – Pelourinho, 18h, com as participações das bandas SíncopeDesrroche Os Jonsóns, parte da safra de novos nomes das mais variadas vertentes do rock na Bahia. O evento tem apoio do Rock Difusão – Coletivo Cultural.

A história do rock baiano teve um parágrafo importante no início da década de 1980, sendo os principais responsáveis o cantor e compositor Raul Seixas, e a banda Camisa de Vênus. Com a projeção nacional, logo se desencadeou o surgimento de vários grupos do gênero na Bahia, como a Elite Marginal, Cravo Negro e Dead Billies. Atualmente, novos artistas e bandas reafirmam a tradição baiana de produzir rock de qualidade. Neste contexto, o Pelourinho tem se destacado no cenário rocker soteropolitano como um espaço de projeção destes talentos para o público da cidade, e não poderia ficar de fora do Dia Mundial do Rock.

Abrindo a noite, às 18h, a banda Os Jonsóns faz um som dançante e irreverente, transitando entre o surf music, o rockabilly e a psicodelia. Formada por Salomão (guitarra e vocal), Marco Aurélio (baixo e vocal), Marcelo Batera (bateria e backing vocal), e Leo Leal (trompete e backing vocal), a banda já lançou dois EP’s e se prepara para o lançamento do terceiro em agosto deste ano. “É a primeira vez que estamos tocando no Pelourinho em um evento desta dimensão. A expectativa é grande, não apenas da nossa parte como para todas as bandas”, conta o integrante Léo Leal.

Segunda atração do evento, a banda Síncope, uma das poucas de heavy metal clássico em Salvador, e a primeira a ter sido indicada ao Troféu Caymmi, retorna ao cenário com sua formação original, que traz Ronaldo Pitanga no vocal, Bruno Uzêda na guitarra, Maurício Uzêda no contrabaixo e Tito Mutti na bateria. Com repertório autoral cantado em inglês, suas principais influências são o Dio, Iron Maiden e Black Sabath.

No encerramento da noite, a banda Desrroche apresenta seu rock industrial gótico com influência do metal progressivo, um território ainda pouco explorado pelo rock baiano. A composição teatral para cada música executada torna o show da banda um espetáculo cenográfico envolvente. A banda é formada por Lex Pedra (vocal), Moca (bateria), Minovsk (baixo), Rada Horus (guitarra) e Lucius Dark (sintetizador/efeitos), e almeja projetar seu trabalho a nível nacional e internacional. “Queremos expandir a nossa arte e levar para o mundo a força do Rock que existe na Bahia”, declara Lex Pedra, vocalista da banda.

Serviço

 

Dia Mundial do Rock no Pelourinho – Os Jonsóns | Síncope | Desrroche

Onde: Largo Pedro Archanjo

Quando: 13 de julho, 18h

Quanto: Gratuito