Dia Mundial de Combate à Aids: Salvador terá programação especial; confira

AIDS em pauta, Notícias
30 de novembro de 2015
por Redação

Para marcar o  Dia Mundial de Combate à Aids, a Secretaria Municipal da Saúde realiza na terça-feira (1º) a abertura oficial da Semana Vermelha de Incentivo ao Diagnóstico Precoce do HIV, com uma caminhada que sairá do Garcia (em frente ao Centro Especializado em Diagnóstico, Assistência e Pesquisa) até a praça do Campo Grande, a partir das 16h.

Entre os dias 1º e 6 de dezembro, serão intensificadas nas 96 unidades básicas de saúde da capital que fazem parte do programa Fique Sabendo a oferta de testes rápidos para detecção do HIV, sífilis e hepatites, além de palestras, atividades educativas e distribuição de preservativos masculinos e femininos.

Este ano, visando sensibilizar a população jovem – grupo prioritário de saúde devido à vulnerabilidade a que estão expostos -, a mobilização visitará bibliotecas públicas do município, quando serão montadas estruturas para realização de testes rápidos e espaços para tirar dúvidas dos adolescentes acerca de assuntos ligados à sexualidade.

Na terça-feira (1º), das 14h às 17h, e na quarta-feira (02), das 9h às 17h, o projeto irá desembarcar na biblioteca Thalles de Azevedo, no Costa Azul. Já na quinta (03) e sexta-feira (04), sempre das 9h às 17h, o programa seguirá na Biblioteca Central dos Barris. No domingo (06), a mobilização será encerrada com um grande mutirão de testagem no calçadão da praia do Porto da Barra, das 16h às 19h.

Dados do Ministério da Saúde indicam que cerca de 734 mil pessoas vivam com HIV no país, sendo que 150 mil desconhecem sua situação. Salvador é a 12ª cidade com maior incidência de Aids entre as capitais brasileiras. Somente este ano, foram notificados 770 novos casos da doença na capital baiana.