Dia da visibilidade lésbica: conheça Lívia Ferreira

Comportamento, Social
29 de agosto de 2019
por Genilson Coutinho

Nesta Quinta-Feira (29) é comemorado o Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, criado no 1º Seminário Nacional de Lésbicas – Senale, ocorrido em 29 de agosto de 1996. A partir desta data, o mês de agosto e dedicado às lutas e reflexões das mulheres lésbicas, na luta contra a lesbofobia, e rompimento da barreira da invisibilidade. Para celebrar essa data, apresentamos a vocês, Lívia Ferreira:

“Sou o que sou, e não o que deveria ser, simplesmente Lívia Ferreira, Lésbica, Negra, Política, com 50 anos, atriz, administradora, arte-educadora, poeta, atleta de futebol e atual presidenta da UNALGBT  sei que viver meio século não é tão fácil, pois vivenciei a retirada de direitos, censura, pobreza, ditadura militar, as dificuldades de entrar nas universidades públicas e privadas. Muitos obstáculos que não me fizeram desistir da minha orientação sexual: ser sapatão. Através da minha luta pela vida, adquiri experiências e conheci outras pessoas e suas lutas que me antecederam, os nossos passos vem de longe, por isso agradeço a todas as Lésbicas e Bissexuais que encontrei em agosto de 2011, na Visibilidade Lésbica, em especial Nildes Sena, Isabel, Bárbara Alves e Raphaella Oliveira por terem me apresentado o movimento de Lésbicas, e o Coletivo LESBIBAHIA, que me deu régua e compasso para ser quem sou hoje, no estado da Bahia e no Mundo. Sigo agradecendo ainda a Rosilene Santana, do Grupo Sapho, de Vitória da Conquista, em que construímos o nosso Primeiro Encontro de Territórios Baianos Lesbianidade e Bissexualidade, em Vitória da Conquista, Josy Andrade da Rede Sapata Bahia, que acredita na minha capacidade de criar. Gratidão a todas as mulheres lésbicas e bissexuais, que conseguem visionar e se transformar, respeitando as nossas diferenças. Construir um Projeto Político de Lésbicas no Poder é o que quero.