Notícias

Deputada evangélica vai fazer gibis contra direitos LGBT

Genilson Coutinho,
16/04/2015 | 10h04

louca

A cruzada da fundamentalista religiosa e deputada distrital Sandra Faraj (SD) contra LGBT vai continuar. Seu próximo passo no trabalho contra o respeito ao nome social e à identidade transgênero em espaços públicos, tais como banheiros, será edição de gibis contra esse direito LGBT.

O que chama atenção no caso é  o fato de seu chefe de gabinete, Manoel Carneiro, ter se envolvido em escândalo em 2012 e sido exonerado do cargo de administrador de Águas Claras depois de gastar cerca de R$ 1 milhão para confeccionar 250 mil gibis e CDs infantis sobre sustentabilidade.