O Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais divulgou nota sobre a falta de medicamentos

Sem categoria
17 de março de 2011
por Genilson Coutinho
O Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais divulgou na tarde desta quinta feira( 17)  nota sobre a falta de  medicamentos para os pacientes com HIV .confira na integra . Sobre o abastecimento de medicamentos antirretrovirais no Brasil, o Ministério da Saúde reafirma o compromisso de garantir tratamento aos que dele necessitam e informa que:
Não houve risco ao tratamento de nenhum paciente que utiliza antirretrovirais. O Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais antecipou-se à dificuldade de abastecimento do atazanavir 300mg, e publicou a Nota Técnica nº 66/11. Uma das medidas recomendadas foi a substituição temporária do atazanavir por outros medicamentos, garantindo terapia igualmente eficaz a todos os pacientes. O primeiro lote de atazanavir 300mg, com 4,95 milhões de comprimidos do medicamento, chega na tarde desta quinta-feira a Brasília, de onde será enviado aos estoques dos estados entre os dias 22 e 25 de março. Todos os estados estão cientes e mobilizados para agilizar o envio dos medicamentos às 700 Unidades Dispensadoras de Medicamentos (UDM). Em relação à didanosina 400mg e ao saquinavir 200mg, não houve desabastecimento. O que ocorreu foi uma recomendação de remanejamento local dos estoques e da programação de distribuição para que não houvesse descontinuidade no tratamento. No dia 3 de março, todos os estoques do país foram abastecidos com didanosina 400mg, em razão da chegada de um lote de 600 mil cápsulas do medicamento ao Brasil. A cobertura de saquinavir 200mg está garantida até a primeira quinzena de abril. Na próxima semana, o laboratório produtor fará entrega antecipada de parte do primeiro lote do medicamento, que será disponibilizado aos estados.
Fonte:    Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais
Foto: Reprodução