Delegado sugere que casal de gays deveria levar “uma boa surra de cipó roxo”

Comportamento, Social
19 de junho de 2014
por Genilson Coutinho

724418

O delegado de Polícia Civil do Acre, Mardílson Vitorino, expressou através das redes sociais todo seu descontentamento com casais gays. Ele, que diz não ter nada contra homossexuais, sugeriu “uma boa surra de cipó roxo” para um casal.

comentario
“Pérolas seriam colocadas nos seus devidos lugares. Nada contra opção de cada um, mas que é uma falta de vergonha e de respeito para com nosso Criador e a família, sem dúvidas, pois família que se preza não aceitaria”, escreveu ele nos comentários de uma notícia do site ContilNet relacionada ao dia dos namorados, que trazia um casal gay como destaque.

Thiago Fernandes e Jefferson Saady, o casal da matéria, ironizou o delegado dizendo que não teriam problemas com a surra, desde que o cipó fosse grosso. Com informações da A Capa.

casal

O professor Luiz Mott enviou uma carta ao governador do Acre e a s Secretária de Direitos Humanos da Presidência da República solicitando a exoneração imediata do delegado. Veja na íntegra.

“Senhor Governador do Acre

Senhora Secretária de Direitos Humanos da Presidência da República

Na qualidade de decano do Movimento Homossexual Brasileiro, denuncio e requeiro a punição exemplar do Delegado MARDÍLSON VITORINO, da Polícia Civil do Acre, por instigar a violência contra casal gay ao dizer que deviam levar “uma boa surra de cipó roxo”, assim como que seja garantida a integridade física e segurança dos homossexuais Thiago Fernandes e Jefferson Saady.

No aguardo de vossas respostas, atenciosamente,

Prof.Dr. Luiz Mott, UFBa/GGB”