Daniela Mercury: “meu carnaval será de empoderamento feminino, negro e gay”

Notícias
19 de novembro de 2016
por Genilson Coutinho

Daniela Mercury (Foto: Marcos Rosa/Ed Globo)

Daniela Mercury esteve, na noite da ultima  quinta-feira (17), no Villa Bisutti Cardoso de Melo, no bairro da Vila Olímpia, em São Paulo, para prestigiar o evento oficial que apresentou o calendário do verão de Salvador. Uma das figuras mais emblemáticas do Carnaval baiano, a cantora falou a  revista  QUEM sobre a importância do Carnaval não apenas artisticamente. “Estou sempre provocando a cidade. O Carnaval é um momento muito importante para a arte. Agora estamos com questões políticas importantes e é um desafio enorme para os ‘artivistas’. O meu Carnaval será de militância artística mais do que qualquer coisa. Será de empoderamento feminino, negro e gay. A minha arte já tem sido uma bandeira de empoderamento, mas vou fazer isso de uma maneira muito bem-humorada e bonita”. E, como boa baiana, Mercury revelou que sua disposição dura mais do que a maioria dos “meros mortais”. “Quando chega quarta-feira de cinzas eu ainda quero pular carnaval, estou com fôlego, me dá vontade de sair dançando. Porque eu fico me poupando para os shows. Se eu pudesse, faria mais uns três dias. A vontade é de tomar uma cervejinha depois do carnaval, mas está todo mundo esgotado”, contou ela, bem-humorada. Da Quem