Daniela Mercury leva ópera para o carnaval de Salvador

Sem categoria
18 de fevereiro de 2012
por Genilson Coutinho

Cantores, atores e bailarinos. Figurinos, encenações. Tudo para homenagear um dos maiores escritores de nossa história: Jorge Amado.

Caracterizada de Dona Flor usando vestido vermelho assinado pela estilista alagoana Carolina Vasconcelos, Daniela cantou clássicos de Ópera como “O Guarani”,  ” Il Di Amore” e “Hababera”, ao lado do cantor Edson Cordeiro e da cantora Virgínia Rodrigues. Tenores, contraltos, sopranos e baixos se juntaram e formaram um coro de vozes que emocionou o folião que acompanhava o trio sem cordas.

Os atores Ricardo Bittencourt e Luís Miranda representaram personagens como Nacib, Vadinho, Teodoro e Antônio Balduíno, fazendo referência às obras: Dona Flor e Seus Dois Maridos, Gabriela Cravo e Canela e Jubiabá . Tenda dos Milagres, Tieta do Agreste e Mar Morto também foram obras homenageadas ao longo do percurso que durou cerca de cinco horas.

Canções das obras de Jorge viraram óperas e encantaram a multidão que acompanhava o trio, como “Milagres do Povo”, “Jubiabá” e “A Luz de Tieta”. Daniela se vestiu de Tieta especialmente para cantar esta música de Caetano Veloso.

Encontros especiais marcaram o desfile. Gilberto Gil e Preta Gil, que estavam na Varanda Elétrica do Expresso 2222, cantaram “Que Bloco É Esse” e ” ” Bapa Alapalá” com Daniela, Edson e Virgínia.

Foto: Divulgaçao