Daniela Mercury deu chamada no Portal Terra no circuito Barra Ondina

Sem categoria
18 de fevereiro de 2012
por Genilson Coutinho

Na noite da última sexta-feira (17), durante o desfile com seu trio-pipoca no circuito Barra-Ondina, a cantora Daniela Mercury não perdeu a oportunidade de dar uma chamada no Portal Terra, quando passava pelo camarote do portal. O Terra está transmitindo o carnaval de Salvador ao vivo do seu espaço, localizado no Monte Pascoal Praia Hotel.

“Quando vocês quiserem falar comigo, falem de frente. Não sou moleca e não admito covardia”, disse a rainha que foi ovacionada pela multidão que seguia a sua ópera de carnaval.

O motivo da bronca foi uma matéria na qual o portal afirma que Daniela chamou Gil e Caetano de coisa do passado, além de uma suposta confusão durante a gravação do programa Aprovado da TV Bahia.

.

 Confira aqui a nota que gerou a bronca da rainha.

Supostas declarações polêmicas de Daniela Mercury caíram na internet e viraram a polêmica da vez nas redes sociais. Às vésperas do Carnaval, o site Terra Magazine reproduziu alguns trechos de um bate-papo: a cantora teria dito que “Caetano e Gil são do passado” e que não gostava de “ficar seis, sete horas esperando para entrar na avenida, ouvindo o cara (do Gandhy) tocar o agogô!”.
Conforme o site, as declarações de Daniela teriam sido ditas durante uma conversa dela com Luiz Caldas, Durval Lélys, Saulo Fernandes, o professor Paulo Miguez e o apresentador Jackson Costa nos bastidores do programa Aprovado, da TV Bahia, em janeiro. Segundo o site, ‘fora do ar’, Miguez afirmou que a axé music só teria sido possível com a evolução do trio elétrico nos anos 70, com Moraes Moreira introduzindo o ijexá e com a existência da Tropicália. Nesse momento, Daniela teria declarado que estava de “saco cheio” dessa história e que “Caetano (Veloso) e (Gilberto) Gil são do passado”.

De acordo com a Terra Magazine, houve outro momento de constrangimento. Quando um dos participantes criticou o vocalista do Chiclete com Banana, Bell Marques, por ter passado na frente do afoxé Filhos de Gandhy, na Praça Castro Alves, em 2006, Daniela teria reagido: “Isso é porque você não sabe o que é ficar seis, sete horas esperando para entrar na avenida, ouvindo aquele cara (do Gandhy) tocar o agogô!”.

O programa, que foi exibido no dia 28 de janeiro, mostra divergências de opinião entre Daniela e Miguez. “Na verdade, só existe carnaval por causa da iniciativa privada”. “Não é verdade”, rebateu Miguez. Nesta parte, o apresentador Jackson Costa interrompeu a discussão: “Nosso tempo é curto. Esse assunto não cabe num programa só. Vocês todos juntos não cabem num programa só. Então, a gente vai encerrar o programa de hoje aqui”. Conforme o site, após o corte, Daniela ouviu que os grandes empresários não bancam, por exemplo, a limpeza, a saúde e a segurança nos circuitos. “Então o melhor é ir embora”, teria dito cantora.

Por meio de sua assessoria, a ‘rainha do axé’ desmentiu a reportagem publicada: “As declarações atribuídas a mim na matéria não são verdadeiras e estão completamente fora de contexto. Sempre estive disponível para a imprensa e realmente não posso me responsabilizar por declarações atribuídas a mim por terceiros”. De acordo com a matéria, a Terra Magazine ouviu três dos presentes durante a gravação do programa Aprovado e todos eles confirmam o teor da conversa, no mesmo contexto.Com informações do Ibahia