Daniela Mercury arrastou multidão no Centro de Salvador

Música, No Circuito
6 de março de 2019
por Genilson Coutinho

Foto: Célia Santos

Livre, leve e solta. Foi assim que Daniela Mercury encerrou o carnaval de Salvador hoje no Circuito do Campo Grande. A Rainha fez a 3ª Pipoca do Ano no carnaval da Bahia, onde desfilou 5 dias, cantou e dançou durante 30 horas numa maratona vocal e corporal incrível. Daniela passou pela passarela do Campo Grande exaltando a liberdade de expressão e pedindo aos ministros do STF que criminalizem a homofobia. Foi aplaudida e ovacionada por milhares de pessoas, que seguiram acompanhando o trio durante todo o percurso. A empolgação foi tanta que o percurso deveria ter acabado na Praça Castro Alves, mas como já é tradição, a Rainha do Axé fez o dobro do tempo, voltando pela Rua Carlos Gomes. Na Praça do Povo fez uma linda homenagem a Caetano Veloso, a quem chamou de um dos artistas mais importantes do mundo, arrancando aplausos de todos que estavam ali, e dedicou a ele Proibido o Carnaval. A Rainha seguiu arrastando uma multidão de pessoas felizes que pularam loucamente bem do jeito que ela faz há 35 anos. No desfile desta terça-feira, Daniela celebrou ainda os 70 anos do Afoxé Filhos de Gandhy, os 45 anos do Ilê Aiyê, os 40 anos do Olodum e do Malê, os 25 anos da Didá e lembrou de todos os blocos Afro da Bahia. Celebrou também os 21 anos de trios sem cordas na cidade do Salvador, pioneira como é, exaltando a democracia na folia. E levou mais uma vez a cidade da Bahia para todo mundo, com a nova canção que já é um dos maiores Hits da Carreira de Daniela: Proibido o Carnaval já está entre as canções mais ouvidas no spotify dela. A explosão desta canção vai poder ser vista e ouvida de perto pelos paulistanos e milhares de turistas que vão ocupar a Rua da Consolação, em São Paulo, no próximo domingo, dia 10/03, às 14h. Vai ser a maior Pipoca da Rainha do Mundooooo. Axé!