Dança de Rainhas: Dança Afro e Deficiência

Arte e Exposições, No Circuito
8 de fevereiro de 2019
por Genilson Coutinho

No dia 22 de fevereiro, das 13h às 16h30, a Escola de Dança da UFBA e a ACSS “Acessibilidade em Trânsito Poético”, dos professores Cecília Accioly, Edu O. (Escola de Dança) e Maria Beatriz (Bacharelado Interdisciplinar em Saúde – IHAC), promovem a oficina “Dança de Rainhas: Dança Afro e Deficiência”, ministrada pelas coreógrafas e dançarinas Josy Brasil e Graziela Santos, trazendo  uma abordagem teórico-prática voltada para experimentações da corporalidade da pessoa com deficiência, que ressignifica códigos e padrões de movimento da Dança Afro.

Josy Brasil é primeira candidata cadeirante a tentar vaga na final do concurso da Deusa do Ébano (Rainha do Ilê) e junto com Graziela Santos, participa dessa atividade da Semana Inaugural da Escola de Dança da UFBA que conta também com a presença da professora Marilza Oliveira na mediação de um bate-papo com as artistas e intérprete de LIBRAS, além do percussionista Gilberto Santiago.

A oficina “Dança de Rainhas: Dança Afro e Deficiência”, aberta a todos os estudantes da UFBA e comunidade externa, é a primeira de uma série de ações que a ACCS – Acessibilidade em Trânsito Poético pretende realizar ao longo do semestre, com o objetivo de provocar reflexões que contribuam para mudança de paradigmas excludentes, em relação às pessoas com deficiência.

Oficina Dança de Rainhas:  Dança Afro e Deficiência

Onde: Teatro do Movimento da Escola de Dança da UFBA

Quando: 22 de fevereiro de 2019, das 13h às 16:30

Entrada Gratuita