Curso de sexo oral em Salvador teve edição concorrida

Comportamento, Social
26 de novembro de 2015
por Genilson Coutinho

wcurso de sexo oral 3

A primeira edição do curso de aperfeiçoamento sexual para homens realizado na noite de ontem (25), em Salvador, superou as expectativas. Os 60 participantes que estiveram presentes na Associação Baiana de Medicina,  tiveram contato com o universo feminino através de aulas sobre a anatomia da mulher e técnicas de movimentos da língua, toque das mãos e respiração.   A organizadora e Educadora Sexual Aline Castelo Branco, que está movimentando o cenário baiano e Brasileiro na área de sexualidade, garante que trabalhar com homem foi uma experiência única. “Por conta do machismo achei que esse curso não iria dar certo, mas eles gostaram tanto que pediram para ter uma segunda edição com um tempo maior. Eles ficaram atentos  aos ensinamentos, fizeram os exercícios, tiraram dúvidas, foi um encontro divertido e enriquecedor. Vejo que cada vez mais estamos rompendo a barreira social que impõe regras no ato sexual. Sexualidade como sempre digo é aprendida”.

A aula começou com um panorama sobre o que é sexualidade e os pontos erógenos da mulher.  Os participantes responderam a um questionário onde será avaliado como anda o desempenho deles no sexo. Aline Castelo Branco ensinou os principais erros cometidos pelos homens no ato do sexo oral na parceira, classificando os piores como Lambida de Vaca, Furadeira e Sugador. Em seguida a doutora Karla Kalil, mostrou  a diferença entre Vulva, Vagina e Clitóris e os diversos orgasmos que podem provocar na parceira.  Os participantes conheceram onde fica o famoso ponto G tocando em Vaginas de Silicone.

Técnica com a manga /Foto: Kleber Mascarenhas

Técnica com a manga /Foto: Kleber Mascarenhas

A parte prática ficou por conta do ator Daniel Rabelo, convidado especial da noite. Exercícios para enrijecer  o músculo da língua e de respiração fizeram parte da experiência. O treino foi realizado com frutas, que simularam uma Vulva.

O curso gerou tanta curiosidade que atraiu o psicólogo Luciano Costa. Ele veio de São Paulo para conhecer as técnicas. “Foi algo inovador.  Muitas coisas nem sequer sabia e não tenho vergonha de disser isso. Ter informação e conhecimento é algo que só acrescenta ao nosso desenvolvimento pessoal”.

O sucesso foi tanto que um curso online vai ser lançado em Janeiro para atender a demanda de moradores de outras cidades.