Cultura LGBT é tema da 2ª edição do Cidadania Cultural em Debate, que acontece em Ilhéus e Salvador

Comportamento, Social
21 de setembro de 2016
por Genilson Coutinho

Com objetivo de reconhecer a amplitude do conceito de cidadania cultural e pautar temas que impactam nos direitos culturais de minorias sociais, o ciclo de debates “Cidadania Cultural em Debate” tem a sua 2ª edição neste mês de setembro, reconhecido como o Mês da Diversidade. No dia 28 (quarta-feira), das 18h30 às 20h30, o mote de reflexão será “Cultura LGBT fora do armário: identidades e representações”, num encontro no auditório do PAF 5 da Universidade Federal da Bahia (UFBA). A iniciativa marca uma nova proposição da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), por meio da Diretoria de Cidadania Cultural (DCC), setor vinculado à Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult), no sentido de incorporar em suas políticas perspectivas mais profundas das diversidades culturais.

Entre os quatro convidados desta edição, está Petra Perón, drag latina e guerrilheira que nasceu em Cuba e há um ano veio para Salvador, dispondo-se a fazer sínteses de bandeiras e movimentos sociais com a arte transformista; recentemente, ganhou o título de Miss Salvador Gay 2016 e segundo lugar no Miss Bahia Gay 2016. Também participa Djalma Thürler, secretário de Cultura e Turismo da cidade de Madre de Deus, pesquisador do Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura (CLAEC) e do Centro de Pesquisa Multidisciplinar em Cultura (CULT), professor permanente do Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade, professor do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências (IHAC) da Universidade Federal da Bahia e membro do CUS – Grupo de Pesquisa e Sexualidade (UFBA).

Foto: Genilson Coutinho

A terceira membro da mesa é Jéssica Ipolito, mulher negra, lésbica, criadora e escritora no blog Gorda&Sapatão – onde discute negritude, lesbianidade, gordofobia e feminismos –, militante feminista antirracista e interseccional; atualmente, cursa bacharelado em Gênero e Diversidade (UFBA). Representando o poder público, estará Vinícius Alves, coordenador de Políticas LGBT da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Governo da Bahia.

CULTURA E CIDADANIA – No Brasil, a Constituição Federal coloca os direitos culturais na categoria de direitos humanos fundamentais. Neste contexto, é essencial perceber o conceito de cultura em sua grandeza, que extrapola a produção cultural e artística e se sobressai quanto ao acesso a produtos: ela começa na possibilidade de que as pessoas possam afirmar e valorizar sua própria identidade, se reconhecer como parte de comunidades e da sociedade, além de ter sua integridade e liberdade de expressão protegidas.

Foto: Genilson Coutinho

O “Cidadania Cultural em Debate” propõe abrir olhar para a urgência de que as políticas públicas culturais cumpram seu papel de contribuir para que a livre expressão das variadas manifestações humanas não seja empecilho para o pleno exercício da cidadania. A cada encontro, cidadãos em seu lugar de fala, representantes de movimentos sociais, ativistas, especialistas e gestores públicos dialogam com a plateia. Assuntos emergentes, que vêm repercutindo na vida pública de maneira expressiva, entram numa discussão que se compromete com a inclusão.

A edição inaugural, em agosto, trouxe o tema “Drogas lícitas e ilícitas: culturas, usos e usuários”. Depois da pauta LGBT, já estão agendadas “Infância e juventude: a cultura como chave para o ensino e aprendizado” (26 de outubro), “Culturas negras: proteção, afirmação e resistência” (23 de novembro) e “A mulher, os feminismos e a cultura machista” (14 de dezembro).

Cidadania Cultural em Debate
“Cultura LGBT fora do armário: identidades e representações”
Com: Petra Perón, Djalma Thürler, Jéssica Ipolito e Vinícius Alves
Quando: 28 de setembro de 2016 (quarta-feira), das 18h30 às 20h30
Onde: Auditório do PAF 5 da UFBA (Ondina)
E-mail: sudecult@cultura.ba.gov.br
Quanto: Gratuito
O evento é aberto ao público e não exige inscrição prévia. A participação está sujeita à lotação do espaço. Será realizado credenciamento na entrada para posterior envio de certificado virtual.
Apoio: Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos (IHAC/UFBA)
Realização: SecultBA