Serviços

Cuidados com tomadas e com aparelhos domésticos podem evitar acidentes com eletricidade em casa

Redação,
20/09/2021 | 10h09
(Foto: Divulgação)

Acidentes domésticos de origem elétrica são comuns. De acordo com uma pesquisa da Associação Brasileira de Conscientização para Perigos Elétricos (Abracopel), 764 mortes foram confirmadas por este tipo de acidente no País no último ano, sendo que a região Nordeste registrou 294 destes acidentes representando 43% das ocorrências. Estima-se que o número possa ser de quatro a cinco vezes maior do que o apresentado. Isso se deve a falta de atenção ou instrução na hora de fazer reparos elétricos em casa. Curto circuito e choque elétrico são os mais recorrentes.

E quem tem criança em casa, nessa era digital em que o contato com eletroeletrônicos é bem maior que décadas atrás, sabe que é necessário ter atenção redobrada para evitar acidentes. Alguns cuidados, no entanto, podem e devem ser tomados na utilização de equipamentos para prevenir ou minimizar os riscos.

Para a engenheira de segurança e diretora da AGNI Engenharia e Projetos, Patrícia Suede, a principal recomendação é usar sempre os protetores de recuperação. “Os acidentes elétricos com crianças em residências estão muito relacionados a inserção de algum objeto na tomada. Por isso, é importante fazer uso do protetor plástico de tomada, que pode ser adquirido em qualquer mercado especializado. O custo é baixíssimo em comparação ao benefício ”, ressalta a especialista.

Outra dica importante é a atenção nas condições da fiação antes de utilizar qualquer aparelho “Se o cabo estiver danificado no isolamento, o aparelho não deve ser conectado à tomada, pois pode representar perigo de choque elétrico”, acrescenta a engenheira.

Para evitar acidentes, a engenheira de segurança Patrícia Suede, preparou algumas dicas. Confira:

– Ao ligar e desligar equipamentos eletrônicos, o ideal é que o adulto esteja presente para realizar a ação.

-Sempre utilizar o plugue e jamais puxar diretamente o fio.

– Não mexer em partes internas das tomadas com os dedos ou objetos;

– Os fios elétricos devem estar sempre em perfeitas condições;

– Não sobrecarregar uma tomada com vários aparelhos ligados nela, isso pode causar um incêndio.

-E o principal, em caso de problema ou início de curto, desligue a chave geral e entre em contato com um profissional.  Que é a pessoa qualificada para resolução do problema.

SOBRE A AGNI

A AGNI ENGENHARIA é uma empresa com foco na área de Prevenção e Combate a Incêndio. Seu nome surgiu em referência a esse fenômeno tão poderoso que é o fogo. A palavra tem origem no Sânscrito.  Criada em 2018, a AGNI é formada por profissionais que já trabalham na área há 15 anos. Temos também Engenheiros Agrimensores e Engenheiros Eletricistas, o que nos permite atuação em outras áreas como: Consultoria na área de Engenharia de Segurança, Consultoria na área de Agrimensura, Treinamentos NR-10, NR-35, NR30, Levantamentos Planimétricos, Levantamento Altimétricos, Levantamentos Planialtimétricos, Georreferenciamento e Geoprocessamento e Projeto de Loteamento.