Criolo comemora apresentação de show “old school” na Concha próximo dia 8

Música, No Circuito
31 de março de 2017
por Redação
criolo-crop-620x349

(Foto: Divulgação)

A legendária Concha Acústica promete ser cenário de mais um grande momento de celebração musical coletiva no próximo dia 8 de abril (sábado), quando o rapper, cantor, compositor e uma das grandes revelações da música brasileira na última década, Criolo, mostrará toda sua verve e personalidade no show Ainda Há Tempo pelo projeto Som na Concha.

“É um show que começou a nascer 20 anos atrás. Poder dividir um pouco da nossa historia de vida, da nossa cultura, dos nossos sonhos com as pessoas nesse palco sagrado é uma honra, mesmo porque é um show old school, um dj e dois mc’s, batidas e sentimentos. Tenho certeza que vai ser um momento mágico”, comemora o artista.

“Ainda Há Tempo” é um disco clássico do rapper paulistano, hoje considerado um disco fundamental na história do rap brasileiro, lançado em 2006, quando o artista era um nome influente apenas na cena hip-hop,. O álbum teve relançamento ano passado, com a intenção declarada do cantor de voltar ao começo para recontar uma história que muitas pessoas não conhecem. “Naquela época existia uma cena em construção, e a gente tava no meio: não se encaixava nem no chamado gangsta, nem exatamente no dito underground”, conta Criolo.

A série de shows baseada em seu primeiro disco vem acontecendo no formato clássico do hip-hop, com DJ e MC no palco — e ao mesmo tempo é muito mais do que isto, sobretudo pelo esmerado projeto cênico. A apresentação traz uma miríade de novas interpretações para o raps de dez anos atrás, e não apenas um retorno saudosista ao artista quando ele ainda atendia por Criolo Doido. É uma releitura audiovisual do que aconteceu em sua vida até chegar ali. E ele espera que isto signifique mais uma contribuição sua para cultura hip-hop e para música brasileira.

A abertura da noite será com a performance explosiva de Larissa Luz e seu show “Território Conquistado”, homônimo ao recente álbum da cantora, indicado ao 17º Grammy Latino na categoria Melhor álbum Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa. O disco apresenta um trabalho autoral, maduro e consistente em que a artista traz o feminismo negro à tona, num mergulho em referências de criadoras que a influenciam, como Nina Simone, a poetiza peruana Victória Santa Cruz e a escritora norte-americana Bell Hooks.

O projeto Som na Concha é uma realização Trevo Produções, com consultoria de marketing cultural da Caderno 2 Produções e patrocínio da Vivo, via plataforma Vivo Transforma, e do Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia. Os ingressos estão sendo vendidos a R$ 40 e R$20 (cota de 40% de meia entrada), na bilheteria e balcões do TCA e no site ingressorapido.com. O TCA e a Concha Acústica exigem apresentação de carteira de estudante (não é mais aceito comprovante de matrícula) para o acesso com meia entrada de estudantes.

SOM NA CONCHA – O projeto Som na Concha tem o intuito de viabilizar a realização de shows de qualidade na nova Concha Acústica do Teatro Castro Alves, com artistas nacionais renomados, levando lazer e cultura à população a preços populares, além de promover o intercâmbio entre artistas locais e nacionais e valorizar a produção musical do estado. A temporada 2017 foi aberta no último dia 11 de março com show de Zeca Baleiro e abertura de Marcos Clement.

A proposta é preencher o calendário cultural deste espaço ao longo do ano com uma programação artística rica e de qualidade, tendo sempre uma atração local de abertura, a fim de dar oportunidade aos novos artistas, e a apresentação de um artista renomado de nível nacional.

O projeto também contempla atividades de capacitação profissional gratuitamente a estudantes que buscam se aprimorar nas áreas de engenharia de shows e eventos, possibilitando que participantes de projetos socioculturais acompanhem todas as etapas de montagem e realização de um grande show.

A cada edição, será escolhido um projeto sociocultural que atue com jovens de baixa renda e estes serão levados ao espaço da Concha Acústica do Teatro Castro Alves para aprenderem ao vivo o funcionamento de um grande evento, desde a montagem, passagem de som, show e desmontagem. Os artistas também serão convidados a interagirem com estes jovens, dando dicas e passando alguns ensinamentos de anos de experiência de palco.

Neste mês de março, o Som na Concha desenvolve suas ações formativas com jovens dos projetos Pracatum e Olodum.

VIVO TRANSFORMA – O Som na Concha tem o patrocínio da Vivo via plataforma Vivo Transforma, que protagoniza e apoia projetos pautados na formação musical para jovens e na democratização do acesso à música e ao teatro, com ingresso solidário ou de baixo custo. “Ficamos muito contentes em proporcionar ao público baiano o acesso a projetos de qualidade como o Som na Concha, que diversifica, conquista plateias e deixa um legado cultural relevante para a sociedade por meio da música”, diz a diretora de Sustentabilidade da Vivo, Joanes Ribas. A Bahia é um dos principais estados a receber o incentivo cultural da Vivo. Em 2016, foram mais de 3,8 milhões de reais aplicados em nove projetos que beneficiaram mais de 200 mil pessoas. Saiba mais em www.vivotransforma.com.br

FAZCULTURA – Parceria entre a SecultBA e a Secretaria da Fazenda (Sefaz), o mecanismo integra o Sistema Estadual de Fomento à Cultura, composto também pelo Fundo de Cultura da Bahia (FCBA). O objetivo é promover ações de patrocínio cultural por meio de renúncia fiscal, contribuindo para estimular o desenvolvimento cultural da Bahia, ao tempo em que possibilita às empresas patrocinadoras associar sua imagem diretamente às ações culturais que considerem mais adequadas, levando em consideração que esse tipo de patrocínio conta atualmente com um expressivo apoio da opinião pública.

Serviço:
O que: Som na Concha
Quem: Criolo I Show de abertura: Larissa Luz
Quando: 8 de abril de 2017, às 18h
Onde: Concha Acústica do Teatro Castro Alves
Quanto: R$40 e R$20 (cota de 40% de meia entrada)/ Exigida apresentação de carteira de estudante na entrada do show
Ingressos: Bilheteria e balcões do TCA e no site ingressorapido.com