Conexões Vidal apresenta espetáculos, filmes e convida artistas numa ocupação do Teatro Gamboa

Sem categoria
12 de setembro de 2011
por Genilson Coutinho

Até o dia 2 de outubro, o Teatro Gamboa Nova acolhe o projeto Conexões Vidal, que faz uma mostra do repertório do ator, autor e diretor Fabio Vidal e várias produções relacionadas à sua trajetória artística. Nesta semana, o público poderá conferir ao espetáculo ERê – Eterno Retorno, que faz um passeio pela ciência e pelas teorias sobre o início do universo, dias 16, 17 e 18 de setembro, sexta e sábado, às 20h e domingo, às 18h, contando com bate-papo. A mostra traz também ao filme trash Cinderela Baiana, que será exibido gratuitamente ao lado do longa Os Sertões, de Paulo Dourado, a partir das 18h, dia 14/09. Em ambos os filmes, Fábio Vidal participou como ator. Os solos Calçolas, de Lisa Vietra, Corpo-Cabide, de Jorge Oliveira e cAstigO de luz AcesA, de Márcio Nonato, todos do Núcleo Vagapara serão apresentados na quinta-feira, dia 15/09, a partir das 19h.

 Na próxima semana, será possível conferir ao sarau cênico Velôsidade Máxima, no qual o universo poético e musical de Caetano Veloso é tratado, nos dias 23, 24 e 25 de setembro. Nesta temporada, Vidal preparou um espetáculo diferente reunindo 10 atores, dançarinos e performers juntos com ele estarão em cena, fazendo intervenções e passeando pelas imagens das canções de Caetano Veloso.

 Na última semana da Mostra, nos dias 30 de setembro, 1 e 2 de outubro, volta a cartaz o mais recente espetáculo de Fábio Vidal, Sebastião, premiado na Categoria Melhor Ator do Braskem de Teatro 2010. Sebastião evoca a trágica história da queda de um avião com milhões de reais a bordo na cidade de Maracangalha, na região metropolitana de Salvador. As conseqüências desse acontecimento inspiraram a história, que beira ao realismo

fantástico.

Conexões Vidal ainda conta com os solos convidados Metafísica, de Líria Morays e Aprendizagem, de Mônica Santana, também trabalhos autorais, que tiveram influência de Vidal durante o processo criativo. Encerrando a mostra de vídeos, os trabalhos experimentais Capitália e estudo #1 – pecados capitais com a direção de Danilo Barata, além do documentário sobre o processo criativo de Sebastião, realizado por Thiago Gomes. A programação também abre espaço para discussão, com o bate papo Ser Artista – Gestão e indigestão, que trará o depoimento e a experiências de outros artistas na seara profissional-criativa.

 Confira a programação:

Dia 14/09 – Exibição dos Filmes: Cinderela Baiana, direção de Conrado Sanches, às 18h e Os Sertões, de Paulo Dourado, às 20h;

Dia 15/09 – Solos Convidados: Corpo Cabide, com Jorge Oliveira, CAstigO de Luz AcesA, com Márcio Nonato e Calçolas, com Lisa Vietra;

Dia 16 e 17– Eterno Retorno – ERê, às 20h;

Dia 18 – Eterno Retorno – ERê, às 18h, apresentação seguida de bate-papo;

Dia 21/09 – Exibição dos Curtas: Caviar de Tolo, dir. Roland Albrecht, Mídia e Poesia, dir. Oscar Dourado, Estudo para pecados Capitais, dir. Danilo Barata, além de Capitália, dir. Danilo Barata, Pênalti, de Adler Paz, Falta Muito, dir. Igor Souto e o Making off do curta Joelma, dir. Edson Bastos;

Dia 22/09 – Solos Convidados: Metafísica, com Liria Morays e Aprendizagem, com Mônica Santana;

Dia 23 e 24/09 – Velôsidade Máxima, às 20h;

Dia 24/09 – Velôsidade Máxima, às 18h, apresentação seguida de bate-papo;

Dia 28/09 – Exibição do Documentário sobre o processo criativo de Sebastião, de Thiago Gomes, seguido de bate-papo, às 18h;

Dia 29/09 – Roda de Debate: Ser Artista – Gestão e indigestão, às 19h;

30/09 e 01/10 – Sebastião, às 20h;

02/10 – Sebastião, apresentação seguida de bate papo, às 18h.