Condenado a 30 anos de prisão por transmitir HIV terá novo julgamento

Comportamento, Social
23 de dezembro de 2016
por Genilson Coutinho

O universitário Michael L. Johnson, condenado a 30 anos de prisão por transmitir HIV, terá novo julgamento nos Estados Unidos.

Johnson foi condenado em maio de 2015 por infectar um homem com o vírus do HIV e colocar outros quatro em perigo quando estudava na Lindenwood University, no Estado norte-americano do Missouri.

Segundo a Agência Associated Press, um tribunal de apelações local descobriu que as gravações de telefonemas feitos por Johnson enquanto estava na cadeia e usadas como evidência não deveriam ter sido permitidas no caso.

Johnson, de 24 anos, foi testado positivo para o HIV em janeiro de 2013 e continuou tendo relações desprotegidas com homens que conheceu em aplicativos de encontros. Ele foi preso em outubro daquele ano, após um homem com quem transou e contraiu o vírus ter procurado a polícia.

Missouri é um dos 33 Estados norte-americanos que têm leis de criminalização ao HIV.

Do paroutudo