Concurso Nacional de Fantasia LGBTQ continua com inscrições abertas

Notícias
21 de fevereiro de 2019
por Genilson Coutinho

O Grupo Gay da Bahia (GGB) continua  a receber inscrições de candidatos interessados em participar da 22ª edição do Concurso Nacional de Fantasia LGBT do Carnaval de Salvador, que acontece na segunda-feira, 4, a partir das 15h, na Praça Municipal, Centro Histórico de Salvador, com shows artísticos, já o desfile começa às 17h, com previsão de término às 21h.

Os candidatos interessados devem preencher a ficha de inscrição disponível no site, ou na sede da entidade, localizada ma Ladeira de São Miguel, 24, no Centro Histórico. Os candidatos, na hora da inscrição, devem indicar a categoria luxo ou originalidade. As inscrições são de graça, e os menores de 18 anos só poderão participar com autorização dos responsáveis.
O evento acontece na Praça Municipal, consta de uma programação que tem início às 15h00 e segue até ás 21h00, composta de shows de transformistas e bandas musicais. Serão premiadas as três primeiras fantasias nas categorias de luxo e originalidade. Quem vencer na categoria luxo, em primeiro lugar, leva o cheque de 8 mil reais, já em originalidade, o primeiro lugar recebe o cheque no valor de 6 mil.
Além de oferecer gratuitamente um evento brilhante no Carnaval, o concurso quer também estimular novos talentos. “A premiação é um incentivo à produção cultural e artística individual,” disse Marcelo Cerqueira, presidente do GGB.

O critério de eleição das melhores fantasias será por julgamento, que levará em conta a beleza, elegância, simpatia, desenvoltura na passarela, pedraria, penas, postura, andar e por fim o valor gasto pelo candidato na produção da roupa, especialmente na categoria luxo, a mais esperada do evento. “Tanto em luxo quanto originalidade é importante avaliar o grau de dificuldade para a realização da roupa”, finaliza Cerqueira.

Na originalidade, os critérios são a semelhança com a ideia original, entretanto, nessa categoria, é proibido a utilização de materiais preciosos, pedrarias caras, penas haras, lantejoulas, entre outros assessórios que possam dar conotação de luxo. De acordo com a produção, a categoria originalidade recebeu dois novos critérios dentro da avaliação, que são apresentações que envolvam “protesto” e “reverência”, de situações da atualidade. De acordo com o Regimento, estas ações serão bem-vindas, mas terão de obedecer aos critérios norteadores da categoria em si, além de considerar o grau de dificuldade do desfilante para realizar a fantasia.
A 22ª Edição do Concurso de Fantasia LGBT do Carnaval de Salvador tem patrocínio da Prefeitura Municipal do Salvador, através da Saltur, é uma realização do Grupo Gay da Bahia, Quimbanda Dudu e Centro Baiano Anti-Aids.

Mais informações: ggbbahia@gmail.com