Notícias

Comitê de Diversidade e Inclusão da KingHost é vencedor do prêmio Top Cidadania

Genilson Coutinho,
28/10/2021 | 10h10

KingHost , empresa de soluções digitais, é a vencedora do prêmio Top Cidadania realizado pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RS). A empresa ganhou na categoria Organização com o case sobre o Comitê de Inclusão e Diversidade.

O prêmio TOP Cidadania foi criado em 2001, para reconhecer as ações sociais e de sustentabilidade realizadas pelas organizações na comunidade gaúcha, contribuindo para o incentivo dos investimentos sociais nas empresas do Estado e valorizando ações sociais e de sustentabilidade dentro das organizações.

Entre todas as empresas premiadas na categoria Organização, somente a KingHost é voltada para a Diversidade e Inclusão. O Comitê foi pensado e desenvolvido pelos próprios colaboradores, sendo lançado em janeiro de 2019. Encarando empresas como potenciais agentes transformadores da sociedade, o grupo mantém mensalmente encontros com os participantes para debater ações inclusivas, criar espaços seguros de fala e promover campanhas de conscientização internas e externas.

Com a evolução das ações, o grupo do Comitê identificou a oportunidade de compreender melhor, de forma interseccional, as necessidades a serem trabalhadas, estruturando assim cinco pilares: geracional, mulheres, étnico-racial, lgbtqi+ e PCD. A partir da estruturação dos grupos, novas e mais assertivas ações puderam ser desenvolvidas, causando impactos sociais positivos na vida, segurança psicológica e autoestima dos colaboradores quanto da sociedade em geral.

“Posso dizer que eu, como lésbica, hoje me sinto privilegiada em trabalhar na KingHost. É muito bom poder ser eu mesma, mostrando minhas potencialidades, pois afinal, elas estão ligadas à minha personalidade. Na King acredito que as pessoas tenham meios para se expressar, conviver com a diversidade e expandir os seus olhares. Nós temos a oportunidade de mostrar nosso lado mais bonito, que é de onde vem o nosso amor”, afirma Daiane Moraes, analista de ouvidoria.

O Comitê também possui encontros chamados de Cafés Filosóficos que são discussões informativas com a presença de convidados para falarem sobre assuntos mais educativos e de maior sensibilidade. A empresa também possui vídeos com materiais relacionados aos pilares de diversidade e uma série de conteúdos que são disponibilizados aos seus colaboradores.

“Ficamos felizes pelo reconhecimento do nosso Comitê. Somos uma empresa de tecnologia e entendemos como o diálogo sobre diversidade e inclusão na nossa área é fundamental para criar, neste mercado, um ambiente de segurança e respeito onde todos possam ser escutados”, afirma Fernanda Pauletti, gerente de RH da KingHost.

Além disso, a KingHost conta com o programa DIVERSA com o objetivo de capacitar e preparar pessoas que desejem trabalhar no mercado de tecnologia. A primeira edição aconteceu em novembro de 2020 e foi destinada para pessoas negras. As aulas são 100% online, gratuitas e, em média, com quatro semanas de duração. Em 2021 foram realizadas mais três edições do programa, sendo os recortes para Público 50+, Mulheres e LGBTQI+. Somando todas essas edições, foram mais de 1100 inscrições de todos os lugares do Brasil.

Com todas essas ações internas e externas a empresa fechou o ano de 2019 com 42% das pessoas admitidas tendo algum critério de diversidade dentro do contexto da empresa (gênero, raça, idade, LGBTQI+ e deficiência). Em 2020 esse número aumentou para 54% e até o primeiro semestre de 2021 a KingHost elevou esse número para 66%. Fora isso, estrategicamente, a empresa passou a medir através de KPIs a participação de mulheres em posições estratégicas.