Comissão se reúne para definir vencedores do Prêmio Direitos Humanos 2016

Comportamento, Social
15 de novembro de 2016
por Genilson Coutinho

A comissão julgadora do “Prêmio Direitos Humanos 2016”, presidida pela Secretária Especial de Direitos Humanos, Flávia Piovesan, se reuniu na última quarta-feira (09) para definir os ganhadores desta edição do concurso. Foram recebidas 224 inscrições de iniciativas em direitos humanos de todo o país. A mais procurada das 19 categorias foi a de “Educação em Direitos Humanos”, com 41 propostas recebidas. A entrega dos prêmios será realizada em cerimônia em Brasília, na primeira quinzena de dezembro.

Além da secretária Flávia Piovesan, a comissão julgadora é composta também por Júlio Cesar Pompeu, Secretário Estadual de Direitos Humanos do Espirito Santo; Melina Girardi Fachin, Advogada e Professora da Universidade Federal do Paraná; Ricardo Shimosakai, Diretor da empresa Turismo Adaptado; e Fábio Eon, Oficial de Programa Sênior do Setor de Ciências Humanas e Sociais da Unesco.

Ano a ano as categorias do Prêmio são definidas em conformidade com a própria evolução da conquista dos Direitos Humanos no Brasil. Todos os agraciados recebem um certificado e uma obra de arte.

Entre os agraciados da última edição do Prêmio Direitos Humanos, em 2015, estão o jornalista Leonardo Sakamoto, o Memorial da Resistência de São Paulo, o Projeto OAB Cidadania (OAB-PR), a Rede Thydêwá e a ativista pernambucana Edusa Pereira.